Muuu: será que é verdade que as vacas mugem com sotaques diferentes?
33
Compartilhamentos

Muuu: será que é verdade que as vacas mugem com sotaques diferentes?

Último Vídeo

Como seria um mugido de uma vaca da Rússia? E de uma do Oriente Médio? Seria possível elas terem sotaques diferentes em seu “mu”? A ideia pode parecer bastante divertida e absurda também, mas será que poderia ser verdade?

Bem, apesar das hipóteses terem sido lançadas por muitas pessoas, a resposta também é incerta: talvez ou mesmo, ninguém sabe, mas o mais provável é que não exista. O fato é que, em 2006, sites como a BBC e o NPR, ambos do Reino Unido, divulgaram uma história de alguns fazendeiros — produtores de leite — que disseram perceber diferenças no mugido de suas vacas, dependendo de que regiões elas vieram.

Farsa?

Shutterstock

Na época, os relatos tiveram ainda o apoio de John Wells, professor de Fonética da Universidade College London. Porém, de acordo com Wells, a maior parte do suporte que ele aparentemente previu nestas histórias foi realmente uma "versão seletiva e distorcida do que eu tinha dito”.

Para esclarecer o que realmente havia dito nas entrevistas, ele explicou sua versão em um blog da Universidade da Pensilvânia logo na época em que as histórias dos fazendeiros começaram a pipocar na internet. Segundo ele, muitas de suas citações foram realmente invenções de uma empresa de relações públicas.

"Eles tinham sido contratados por um fabricante de queijo, a West Country Farmhouse, para divulgar suas variedades regionais desse produto. Então, eles me telefonaram para perguntar se havia alguma possibilidade de que mugidos de vaca pudessem variar geograficamente”, explicou Wells.

De acordo com o professor, ele respondeu que achava muito improvável, mas que havia sido bem estabelecida uma evidência científica de que várias espécies de aves apresentam variabilidade regional em seus cantos. Então não podíamos afastar totalmente a possibilidade.

As declarações de Wells que disseram que era improvável, mas não podia afastar totalmente a possibilidade, foi transformada em um "sim" em muitas notícias com as histórias dos fazendeiros, e as coisas só ficou ainda mais fora de controle a partir disso. Alguns até alegaram que Wells e outros pesquisadores confirmaram as observações dos agricultores com um estudo de vocalizações de vaca, o que nunca aconteceu.

Embora existam trabalhos científicos sobre os mugidos como indicadores de "funcionamento fisiológico e psicológico" de uma vaca e estado reprodutivo, parece não haver nenhuma pesquisa publicada sobre variações geográficas de sotaques das vaquinhas.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.