Loucura: nova moda na Rússia transforma gatos em dragões e cães em abelhas
598
Compartilhamentos

Loucura: nova moda na Rússia transforma gatos em dragões e cães em abelhas

Último Vídeo

Seja você o tipo de pessoa que adora animais ou uma daquelas que não suporta bichinhos, certamente já ouviu falar que hoje em dia existe todo tipo de serviços voltados para os pets de pessoas mais endinheiradas, de padarias com lanches específicos e hotéis cinco estrelas até salões de beleza exclusivos para os seres peludinhos. Na Rússia, porém, uma nova moda promete impressionar – ou chocar – até os mais entusiasmados amantes dos animais.

Um salão na região russa de Yekaterinburg vem oferecendo cortes e pinturas de pelos em formatos e cores pra lá de vibrantes, transformando gatos em pequenos dragões e cachorros em grandes abelhinhas. Segundo a dona do estabelecimento, Daria Gotz, os bichinhos gostam do processo de transformação, que você pode conferir no vídeo a seguir.

De acordo com Ekaterina Aidimirova, a dona do cachorro-abelha, a mudança de visual foi feita para deixar o animal mais interessante. “Ele era tedioso e então nós decidimos deixar nosso cão mais brilhante, caloroso e adorável e pintamos seus pelos como os de uma abelhinha – uma aparência colorida”, explica.

Riscos de saúde

Não foram realizados testes específicos pelo salão para determinar se os elementos químicos usados para colorir os pelos dos animais podem ser nocivos a eles, mas a dona do local afirma que os materiais são apropriados para pets. Segundo ela, as tintas são seguras e seus fabricantes afirmam até que elas possuem efeitos saudáveis para a pelagem dos bichos. “As tinturas são feitas de extratos botânicos naturais e vêm da Coreia”, completa Gotz.

De acordo com reportagens especializadas, as substâncias que mudam a coloração dos pelos podem permanecer nos animais por vários meses até serem totalmente eliminadas. Embora a dona do salão fale que a tintura não causa danos e até faz bem para os pets, outras fontes indicam que existem riscos de saúde no procedimento.

Segundo um representante da Sociedade Real para a Prevenção de Crueldade contra Animais (RSPCA, na sigla em inglês), os bichos não podem ser pintados ou tingidos por razões puramente cosméticas, sejam eles selvagens ou domésticos. Ele afirma que a prática pode ter consequências fatais para os animaizinhos devido a riscos de intoxicação.

Pet-acessório

“Gatos são animais bastante meticulosos e costumam lamber qualquer substância da sua pelagem para se manterem limpos. Colocar elementos indesejados nos seus pelos pode levá-los a ingerir toxinas”, exemplifica o representante da RSPCA. Outro ponto ressaltado por ele é o fato de que o procedimento exige que os bichos sejam presos e amarrados enquanto o corte e a tintura estão sendo aplicados, o que causa grande stress aos pets.

“Nossos animais de estimação são seres vivos e o fato de alguém os pintar dessa forma envia uma mensagem extremamente preocupante de que eles podem ser vistos como acessórios inovadores, e não como os animais inteligentes e sensíveis que são”, conclui.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.