Quarteto Fantástico animal: quais são os bichos com ‘superpoderes’?
41
Compartilhamentos

Quarteto Fantástico animal: quais são os bichos com ‘superpoderes’?

Último Vídeo

Neste mês, chegou aos cinemas de todo o mundo a nova aventura do “Quarteto Fantástico”. No filme, a Mulher Invisível, o Tocha Humana, o Coisa e o Sr. Fantástico salvam a Terra dos terríveis planos do Doutor Destino.

Falando em Terra, você sabia que existem em nosso planeta animais com “superpoderes” iguais aos da trupe de heróis da Marvel? A maioria está no fundo dos mares, mas não é preciso ir tão longe para encontrar alguns deles.

Fique ligado no incrível “Quarteto Fantástico do Mundo Animal”:

Sr. Polvo Fantástico

Reed Richards, identidade secreta do Sr. Fantástico, tem o incrível poder da elasticidade. Na fauna marinha, encontramos o polvo, que por não ter ossos é capaz de se espremer e passar por locais extremamente estreitos.

O Sr. Polvo Fantástico possui oito tentáculos, mas é desprovido de ossos. Isso lhe dá a incrível habilidade de atravessar passagens com um quarto de seu tamanho – aliás, esse tamanho é tão complicado de se determinar, pela falta de estruturas ósseas no corpo do animal, que os pesquisadores normalmente se baseiam pelo peso dele.

O polvo é como se fosse uma massa de músculos e fluidos, capaz de resistir a altas pressões oceânicas e sobreviver mesmo com a perda de algum de seus tentáculos – até mesmo os membros decepados podem “sobreviver” por algum tempo, já que possuem suas próprias células nervosas.

Peixe Invisível

Na saga dos super-heróis, Sue Storm ganha poderes incríveis e se torna a Mulher Invisível. Assim como ela, diversos animais possuem essa habilidade em diferentes graus de potência. A cerca de 1 km abaixo da superfície dos mares, cerca de 50% dos animais possuem algum tipo de transparência.

Na água é muito mais fácil refratar a luz do que na terra, por isso muito animais aquáticos apresentam essa característica. Alguns bichos naturalmente não possuem pigmentos, já outros, como as águas-vivas, possuem um tecido fino de pele que, ao ser muito esticado, torna-se quase totalmente transparente.

Outro fator que favorece o surgimento de animais assim nos mares é o fato de que o oceano funciona como um “escudo” contra os raios ultravioletas. Em terra, os animais precisam ter pigmentos para enfrentar essa radiação.

Tocha “Vagalúmico”

Nos quadrinhos (e no cinema), Johnny Storm tem um poder quentíssimo: como o Tocha Humana, ele pode voar enquanto se incendeia. Na natureza, também podemos ver essas características de voo e luminescência. Os vaga-lumes utilizam oxigênio, ATP (uma molécula de armazenamento de energia), minerais (principalmente cálcio e magnésio) e uma enzima chamada luciferase para produzir aquela luzinha característica enquantam perambulam pelos ares.

Nos mares, alguns seres também são capazes de “produzir” luz, com características parecidas com as do vaga-lume. A principal função dessa claridade é afugentar eventuais predadores. Os homens e outros mamíferos não precisam dela, já que possuem outras táticas para se esquivar de outros seres.

Já entre os animais que suportam o calor tal como o Tocha Humana, podemos citar o Verme de Pompeia (Albinella pompejana), que vive em fontes hidrotermais do oceano Pacífico e suporta temperaturas de até 85 graus Celsius!

Tatu Coisa

Uma das transformações mais incríveis no Quarteto Fantástico é a de Ben Grimm, que virou permanentemente o Coisa – um super-herói com força descomunal e aparência rochosa. Entre os animais, o tatu é o que mais se assemelha a ele. Com sua carapaça de aparência terrosa, ele se protege do ataque de outros animais.

Essa armadura natural tem servido de inspiração para os cientistas criarem uniformes para humanos que sejam capazes de resistir a furos e mesmo assim serem bastante flexíveis.

***

Gostaram do Quarteto Fantástico animalesco? Têm alguma sugestão de outros animais que se pareçam com super-heróis? Deixe seu comentário!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.