Entenda por que os bichos-preguiça fazem cocô apenas uma vez por semana
387
Compartilhamentos

Entenda por que os bichos-preguiça fazem cocô apenas uma vez por semana

Último Vídeo

Não importa a rodinha de amigos: sempre que o assunto acaba em “cocô”, vira uma grande bagunça (ou talvez seja coisa minha e eu precise rever minhas amizades). Agora, que tal aprender uma informação nova e interessantíssima sobre isso? Os bichos-preguiça fazem o “número 2” apenas uma vez por semana e chegam a perder 1/3 do próprio peso na defecação.

Outro fato interessante é que ir ao banheiro, para eles, se torna uma grande e arriscada aventura: na floresta, eles se tornam muito vulneráveis quando descem ao chão eliminar seus dejetos. Predadores podem se aproveitar de sua lerdeza, e talvez seja por isso que eles desenvolveram o hábito de defecar apenas uma vez por semana.

E não pense que isso só acontece com as fezes: o bicho-preguiça aproveita a ida semanal ao toalete também para urinar. Já imaginou ficar tanto tempo segurando o xixi? Ou ter uma prisão de ventre dessas? “Você pode ver o estômago do animal encolhendo durante a defecação”, explica a bióloga Rebecca Cliffe, da Universidade de Swansea, no Reino Unido.

A cara de prazer de um filhotinho de preguiça durante a ida semanal ao banheiro

Ritual de defecação

Os preguiças costumam viver nas copas das árvores. Quando sentem a necessidade de dar aquela aliviada, descem até o chão, onde começam um ritual que é quase uma “dança da cagação”. Isso ajuda a criar um buraco no chão, onde o animal deposita seus dejetos. Depois, outra dancinha acontece antes de voltar para a segurança das árvores.

O real motivo para eles demorarem tanto tempo para defecar ainda é um mistério. Muito animais que vivem nas árvores fazem suas necessidades lá de cima mesmo, pouco se importando se seus cocôs vão atingir algum animal abaixo deles. Com os preguiças, isso não acontece, mas uma teoria muito mais bonita pode explicar isso tudo.

Ciclo poderia explicar o motivo dos bichos-preguiça defecarem no chão próximo às árvores em que vivem

Na natureza, traças e algas colonizam os pelos do bicho-preguiça, dando a ele uma coloração esverdeada que o ajuda na camuflagem contra potenciais predadores. Além disso, a pele do animal pode absorver nutrientes dessas algas, que também podem servir de alimento para o bichinho. Ao fazer cocô perto das suas árvores, esse se torna um lugar perfeito para as traças depositarem seus ovos, criando um ciclo de cooperação mútua.

Entretanto, alguns cientistas não acreditam muito nessa teoria, já que os preguiças não iriam arriscar a vida para beneficiar as traças – metade das mortes de preguiças acontece durante a ida ao banheiro. “Em meu cérebro, algo me diz que é tem a ver com a reprodução, porque isso é o fato motriz por trás dos comportamentos loucos da maioria dos animais”, analisa a bióloga Rebecca.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.