Antigos egípcios fabricavam colares com rochas extraterrestres
372
Compartilhamentos

Antigos egípcios fabricavam colares com rochas extraterrestres

Último Vídeo

Muita gente atribui a construção das pirâmides egípcias a ações de seres extraterrestres, com tecnologias bem mais avançadas do que a da civilização local naquela época. A especulação nunca teve respaldo científico, mas, agora, pesquisadores descobriram que os egípcios faziam colares com fragmentos de materiais vindos do espaço.

O estudo publicado no periódico científico “Journal of Archeological Science” descreve nove miçangas encontradas no ano de 1911 em um assentamento no norte do Egito. Essas peças são formadas pelo que, agora, é conhecido como o ferro de meteorito mais antigo que a humanidade já foi capaz de encontrar.

De acordo com os cientistas, o ferro obtido dessas rochas foi trabalhado com uma técnica muito avançada para a época (3.200 a.C.), que consistia em martelar a peça até que ela se tornasse uma chapa com menos de 1 mm de espessura, podendo, então, ser moldada em pequenos tubos. Depois, esses tubos espaciais eram usados na confecção de colares, junto com outros materiais exóticos ou muito valiosos, como pedras semipreciosas.

De acordo com a notícia publicada pelo jornal espanhol El Mundo, os cientistas perceberam que as miçangas eram especiais ao detectarem a presença do elemento químico germânio, muito característico do ferro encontrado em meteoritos.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.