Confira 5 tetos deslumbrantes que existem pelo mundo
2.192
Compartilhamentos

Confira 5 tetos deslumbrantes que existem pelo mundo

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

É uma pena que tantas pessoas, quando visitam algum edifício famoso ou monumento histórico, não se deem ao trabalho de desviar o olhar para cima. Isso porque, conforme apontou Jonathan Glancey, da BBC, ao não prestar atenção e perder uns segundinhos para conferir o existe sobre suas cabeças, os mais distraídos deixam de se maravilhar com tetos deslumbrantes! Confira cinco exemplos a seguir:

1 – Castello di Sammezzano

Local: Leccio, na Itália

O teto supercolorido da imagem acima, com seus arcos e abóbadas, coroa o “Salão Pavão”, um dos cômodos do Castello di Sammezzano, um palácio abandonado que fica próximo a Florença. Segundo Jonathan, o local foi reformado entre os anos de 1843 e 1889 por Ferdinando Panciatichi Ximenes d’Aragon, um arquiteto, engenheiro, botânico, filósofo e político italiano que se inspirou no estilo mourisco e em animais exóticos para criar o extravagante teto.

2 – Catedral de Ely

Local: Ely, na Inglaterra

A Catedral de Ely fica situada no condado de Cambridgeshire, e o espetacular teto acima foi finalizado no século 14 por William Hurley, o carpinteiro real. A estrutura culmina na “Lanterna do Octógono”, essa incrível estrutura no centro do teto com uma porção de janelas para permitir a entrada de luz.

As pilastras são feitas de pedra, mas as abóbadas e a própria lanterna — que mede 52 metros de altura e tem 23 metros de largura — foram originalmente construídas a partir de oito carvalhos. Aliás, você reparou que, olhando do chão, a lanterna parece ficar no centro de uma estrela de oito pontas?

3 – Mesquita do Shah

Local: Isfahan, no Irã

O belíssimo teto acima, presente no interior da Mesquita do Shah, situada no Irã, tem uma história bem interessante. No final do século 16, o Shah Abbas decidiu transferir a capital do Império Persa para a cidade de Isfahan, e logo ordenou que diversos edifícios — entre eles os religiosos — fossem construídos.

Entretanto, na época, o único material disponível para a criação dessas obras eram os tijolos feitos de terra cozida e, com medo de que as construções não ficassem bonitas, as estruturas foram decoradas com mosaicos de cerâmica colorida. O que se encontra no interior da mesquita foi criado no século 17 pelo mestre calígrafo e miniaturista Rezza Abbasi — que empregou cores como o verde, azul, amarelo, rosa e turquesa para capturar e refletir a luminosidade.

4 – Chiesa di San Pantalon

Local: Veneza, na Itália

A incrível pintura acima, chamada “Martírio de São Pantaleão”, ocupa uma área de 25 por 50 metros e foi criada por Giovanni Antonio Fumiani entre os anos de 1680 e 1704. Ao contrário do que possa parecer, o artista não pintou diretamente sobre o teto, criando um fresco, mas sim sobre uma imensa tela — considerada como uma das maiores do mundo.

5 – Sala da Oração pelas Boas Colheitas

Local: Pequim, na China

A Sala da Oração pelas Boas Colheitas faz parte de um vasto complexo religioso construído no século 15 conhecido como Templo do Céu. O teto acima coroa um dos edifícios mais famosos do local, que conta com pouco menos de 40 metros de altura e um diâmetro de 30 metros.

O templo está apoiado em 28 pilares de madeira, possui telhado triplo e muros de ladrilho — e não conta com nenhuma viga sequer. Com relação ao teto, as cores representam diversas evocações de boa fortuna, alegria, prosperidade e a glória do governo imperial.

***

E você, caro leitor, tem o costume de ficar atento aos tetos dos locais que visita? Já se deslumbrou com algum em especial? Não deixe de contar para a gente nos comentários!

*Publicado em 30/11/2016

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.