De acordo com um estudo realizado pelo Observatório Europeu do Sul, uma nuvem gigante de gás deve ser engolida pelo buraco negro presente no centro da nossa galáxia em 2013. Segundo a pesquisa, se trata de uma oportunidade única para que os cientistas possam observar em tempo real como um buraco negro gigantesco devora matéria.

O gigante, conhecido como Sagittarius A, vem sendo estudado e observado por astrofísicos há décadas, e o fato de que uma nuvem de gás passe a apenas 36 horas-luz — ou 40 bilhões de quilômetros, algo muito próximo em termos astronômicos — é algo de grande interesse para a comunidade científica.

Colisão na nossa vizinhança

De acordo com Reinhard Genzel, líder da equipe do observatório, a velocidade da nuvem — que conta com uma massa 3 vezes maior do que a da Terra — dobrou durante os últimos 7 anos, sendo atualmente estimada em 8 milhões de quilômetros por hora. Ninguém sabe ao certo como será a colisão, mas as extremidades da nuvem já começaram a se desintegrar e se espera que a nuvem se rompa completamente durante os próximos meses.

Assim, de acordo com a simulação criada pelo observatório (e que você pode ver acima), conforme se aproxime do momento da colisão, a nuvem se tornará extremamente quente, o que a levará a emitir raios X como resultado da interação com o buraco negro.

Este é um evento inédito que dará aos cientistas a possibilidade de observar como a matéria se comporta próxima a um buraco negro. Além disso, embora se acredite que existam buracos negros supermassivos no centro de todas as galáxias, suas origens ainda não são completamente claras. A colisão do ano que vem pode oferecer novas informações sobre esses misteriosos gigantes. 

Fontes: Observatório Europeu do Sul, European Research Media Center e Universe Today