(Fonte da imagem: Reprodução/Slashgear)

Você pode achar até que se trata de uma brincadeira, mas uma proposta curiosa feita pelo estudante Sung Wook Paek para combater asteroides foi premiada em concurso interno do MIT. Para ele, é possível evitar que os asteroides se choquem contra a Terra usando armas de paintball como defesa.

A competição foi patrocinada pelo United Nations Space Generation Advisory Council, e a proposta de Paek foi apresentada no International Astronautical Congress, realizado na Itália. A ideia é tão simples – e ao menos na teoria funcionaria perfeitamente – que é de se admirar que ninguém tenha pensado nisso até então.

Aparentemente, as manchas de tinta de cor clara podem causar um desvio na trajetória de um asteroide. Isso acontece porque, no espaço, a tintas funcionaria como uma espécie de substância refletora. A luz do sol, quando em contato com a superfície do asteroide, aumentaria a pressão da radiação solar e, com isso, o curso poderia ser alterado de maneira considerável – redirecionando-o para fora da zona de perigo.

Obviamente, seria preciso dispor de uma grande quantidade de tinta para que o projeto surtisse efeito, algo como 5 toneladas. Além disso, dispositivos adicionais poderiam ser lançados no espaço para ajudar nessa tarefa. Outra sugestão adicionada no trabalho do estudante inclui ainda disparos de tinta em alguns asteroides de forma que eles possam ser rastreados de maneira mais eficiente a partir da Terra.

Fonte: Slashgear