Festival vegetariano na Tailândia promove tortura entre participantes
180
Compartilhamentos

Festival vegetariano na Tailândia promove tortura entre participantes

Último Vídeo

A Tailândia está em pleno Festival Vegetariano na ilha de Phuket. Se você pensa que as atrações envolvem discussões a respeito da culinária vegetariana ou, quem sabe, palestras em defesa dos animais, está enganado. Não que esses temas não sejam relevantes, mas é que a coisa lá funciona um pouco diferente.

Primeiro: a questão vegetariana é um pouco distinta da que estamos acostumados a ver. Na verdade, trata-se de uma preparação vegetariana, que os participantes do evento têm alguns meses antes da tão esperada data. Muita gente na Tailândia acredita que deixar de comer carne purifica o corpo também no quesito espiritual, o que é um critério importante a quem quer participar de alguns dos rituais do festival.

Esses rituais, por sua vez, incluem sacrifícios bizarros como o de inserir facas, espadas, armas e vários objetos inusitados em lugares como a bochecha de uma pessoa. Por que eles fazem isso? Porque acreditam que essa é uma forma de acabar com a presença de espíritos malignos ou com a má sorte de suas comunidades.

O festival é uma tradição tailandesa que ocorre há mais de cem anos e reúne em média 100 mil visitantes. Confira algumas imagens chocantes desses rituais de purificação e de tortura abaixo:

1 – Eles dizem que não sentem dor

Fonte da imagem: Reprodução/Metro

2 – Superpele

Fonte da imagem: Reprodução/Metro

3 – Samurai

Fonte da imagem: Reprodução/Metro

4 – Munição

Fonte da imagem: Reprodução/Metro

5 – Proteção contra espíritos malígnos e contra o Sol

Fonte da imagem: Reprodução/Metro

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.