Fisiculturista queria ficar igual ao Hulk, mas quase perdeu os braços
270
Compartilhamentos

Fisiculturista queria ficar igual ao Hulk, mas quase perdeu os braços

Último Vídeo

O brasileiro Romário dos Santos Alves chamou a atenção mundial nesta semana depois de dar um depoimento ao tabloide Daily Mail. Ele contou sua história no fisiculturismo e também como quase precisou amputar os braços depois de injetar substâncias prejudiciais à saúde.

“Eu via caras enormes na academia e comecei a fazer amizade com eles. Eles me introduziram ao synthol e eu me empolguei com os resultados”, declarou Romário. O synthol endurece o músculo por conta de uma inflamação que destrói parte das fibras musculares. “Eu nem podia mais injetar, de tão duros. Decidi então que tinha de comprar injeções especiais para isso. Do tipo que se usa em bois”, revela o fisiculturista.

Romário dos Santos Alves antes de começar a aplicar substâncias para enrijecimento muscular

Amputação

Romário tem 25 anos e é natural de Caldas Novas (GO). Ao se mudar para Goiânia, há três anos, soube das substâncias que enrijeciam os músculos e passou a fazer uso constante dela. “Se você usa uma vez, com certeza usará uma segunda. Eu me lembro de um médico me contanto que ele precisaria amputar meus dois braços. Eles disseram que tudo estava duro como pedra”, contou o rapaz.

O risco de morte também não era descartado e acabou influenciando em seu casamento. Ele entrou em depressão e precisou ser internado em uma clínica para se tratar – justo quando sua esposa estava com seis meses de gestação. A aplicação do synthol também trouxe efeitos colaterais a outros órgãos, como os rins.

Ele fez uma cirurgia para retirar partes dos tecidos danificados pelo synthol e conseguiu permanecer com os braços – apesar de os riscos de complicações e amputações serem grandes. “Hoje quero que outras pessoas vejam os perigos, eu poderia ter morrido só porque queria ter músculos maiores”, disse Romário.

Seus bíceps chegaram a ter 63,5 cm de circunferência

Via EmResumo

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.