Seja o primeiro a compartilhar

13 curiosidades sobre a série 'Aliens'

1. Sigourney Weaver foi a primeira mulher indicada ao Oscar de melhor atriz em um filme de ação – e isso apenas em 1987, na 59ª cerimônia!

2. O filme só ficou pronto 1 semana antes de seu lançamento, por isso não rolou nenhuma exibição teste

3. Na Hungria, o primeiro filme se chama "O 8º Passageiro: Morte", enquanto a continuação ganhou o título de "O Nome do Planeta: Morte"

4. O grito dos aliens foi feito através do som de um babuíno depois de ser editado em computador

5. A Rainha Alien precisava de 14 a 16 operadores para funcionar

6. O filme mostra 12 cápsulas de hipersono, mas apenas 6 foram construídas: como cada uma custava US$ 4,3 mil, os produtores resolveram criar apenas metade e usar truques de câmera e espelhos

7. O ninho do alien foi deixado intacto após o término das gravações e acabou sendo reaproveitado em "Batman" (1989), na cena em que Jack Napier cai no ácido e se torna o Coringa

8. Al Mathews, que interpreta o sargento Apone, foi o primeiro fuzileiro negro a ser promovido a sargento também na vida real, depois de sua participação na Guerra do Vietnã

9. Bill Paxton, que interpreta Hudson, improvisou muitas de suas falas, incluindo a famosa "Game over, man! Game over!"

10. Carrie Henn, que interpreta a jovem Newt, errou a cena do duto de propósito diversas vezes, para poder continuar brincando na água

11. O diretor James Cameron, do segundo filme, pediu que os atores personalizassem seus próprios uniformes, como forma de deixá-los mais realistas: Bill Paxton, por exemplo, incluiu o nome da esposa Louise em seu figurino

12. A cena com os fuzileiros navais aparece logo no começo do segundo filme, mas foi uma das últimas gravadas: James Cameron pensou nisso para que os atores pudessem criar um clima genuíno de camaradagem

13. A cena com o truque de faca não estava no roteiro e foi discutida com quase todo mundo, menos com Bill Paxton, a "vítima" da trollagem

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.