Bilionário chinês investe na construção de réplica de Hollywood

Bilionário chinês investe na construção de réplica de Hollywood

Como você sabe, os chineses são mestres em criar todo tipo de réplica, e inclusive existem monumentos históricos e cidades inteiras que já foram clonadas por eles. E agora, de acordo com o Businessweek, o bilionário Wang Jianlin decidiu construir uma espécie de cópia de Hollywood na China, cuja inauguração deve ocorrer em 2017.

Segundo a notícia, trata-se da construção de um gigantesco parque dedicado ao cinema e ao entretenimento, batizado de Qingdao Oriental Movie Metropolis. Localizado na cidade de Qingdao, o custo da obra foi estimado em U$ 8 bilhões (cerca de R$ 17,5 bilhões), e a festa de apresentação do empreendimento contou com a presença de celebridades como Nicole Kidman, Leonardo DiCaprio e John Travolta, além de executivos da indústria cinematográfica.

Entre os figurões, haviam representantes da Paramount  Pictures, Lions Gate Entertainment e Warner Bros., e os convites não foram enviados por acaso. Atualmente, Jianlin é apontado como o homem mais rico da China, e além de ser o fundador e presidente do gigante grupo Dalian Wanda Group, também é dono da maior rede de salas de cinema da América do Norte.

Hollywood oriental

Fonte da imagem: Reprodução/CBC News

A principal atração do parque será um complexo com 20 estúdios de cinema supermodernos e totalmente equipados, sendo que um deles foi construído especialmente para filmagens de cenas subaquáticas. Além disso, o espaço também contará com um museu de cera dedicado às estrelas e um parque temático semelhante ao famoso Universal Studios de Orlando, além de bares e restaurantes, entre outras facilidades.

O Qingdao Oriental Movie Metropolis inclusive contará com um letreiro parecido ao de Hollywood instalado em uma colina próxima, e o bilionário responsável pelo projeto espera que cerca de 100 filmes sejam rodados nos estúdios do complexo ao ano, incluindo obras estrangeiras. Você acha que parece exagero ou que Jianlin é ambicioso demais?

Segundo o Businessweek, os estúdios norte-americanos, temendo fracassos de bilheteria, vêm investindo especialmente em “blockbusters” e em diretores consolidados, exercendo uma enorme pressão sobre esses profissionais e deixando de investir em obras menores e novos talentos. Portanto, existe a possibilidade de que os estúdios de Jianlin acabem mudando um pouco as coisas para essa turma de cineastas descontentes. E você, leitor, o que acha?

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.