(Fonte da imagem: Reprodução/Wikipedia)

A baunilha, matéria-prima utilizada na produção de uma série de produtos — de alimentícios a cosméticos e medicinais —, é uma especiaria cultivada apenas no México, Índia e Madagascar, praticamente.

E o que acontece quando um material raro como esse começa a entrar em falta? O mercado fica em pânico e os preços dos produtos disparam. De acordo com uma notícia publicada pelo site Management Today, o quilo da baunilha saltou de US$ 25 para quase US$ 40 (R$ 45 e R$ 75, respectivamente) em apenas um dia.

Só no México, a produção da especiaria caiu em 90% apenas no ano passado, e a única safra completa disponível é a de Madagascar, o que levou os fabricantes de produtos à base da matéria-prima a comprar e estocar a “flor negra”.

A baunilha é a segunda especiaria mais cara do mundo — vindo depois do açafrão —, e os analistas acreditam que o preço de uma bola de sorvete pode sofrer um aumento de até 10% no valor para ajudar os fabricantes a equilibrar suas perdas. E aí, qual é o tamanho do seu freezer?