Você acredita que conseguiria viver praticamente sem dinheiro?
89
Compartilhamentos

Você acredita que conseguiria viver praticamente sem dinheiro?

Último Vídeo

Você acredita que poderia simplesmente desistir do dinheiro e passar a viver sem ele? De acordo com um artigo publicado pelo Yahoo!, foi bem isso o que Raphael Fellmer — um alemão de 29 anos — e sua família decidiram fazer. E pasmem: eles estão se virando bastante bem, e sem gastar praticamente nenhum tostão.

Raphael Fellmer e família Fonte da imagem: Reprodução/hypeness

Segundo o artigo, a família reside em Berlim e somente usa dinheiro quando realmente não existe alternativa, vivendo de alimentos com a data de validade próxima à do vencimento que são descartados pelos supermercados. Fellmer inclusive fundou uma organização em parceria com uma importante rede alemã que comercializa produtos orgânicos para criar um sistema eficiente de “resgate” e posterior distribuição de alimentos antes que sejam jogados fora.

Com relação à moradia, a família costuma buscar acomodações em sites especializados que anunciam imóveis vazios que precisam de “cuidadores”. Conforme explica Fellmer, o excedente não se aplica apenas aos alimentos, pois atualmente também existem residências sobrando. “Assim, tudo o que precisamos está disponível, e tudo o que precisamos fazer são as conexões certas.”

Inspiração para um novo estilo de vida

Fonte da imagem: Reprodução/hypeness

Caso você esteja pensando que Fellmer teve uma vida difícil e por essa razão ele tenha decidido se rebelar contra o sistema, a verdade é que o rapaz vem de uma família de classe média-alta, é formado e fluente em seis idiomas. Fellmer simplesmente se deu conta de que a sociedade atual se tornou escrava do consumo desenfreado, e resolveu fazer uma espécie de “greve” contra o dinheiro.

Fellner é casado e tem uma filha de 18 meses, e o único dinheiro que a família recebe é uma subvenção do governo alemão que é distribuída a todas as crianças do país. O site hypeness também publicou uma matéria sobre Fellmer, explicando que ele e a esposa também adotaram um sistema de escambo para obter o que quer que precisem, conseguindo gerar uma pequena renda através de pequenos trabalhos realizados em casa.

É preciso mudar

Fonte da imagem: Reprodução/hypeness

O alemão concorda que seu estilo de vida é bem radical, mas afirma que faz isso para inspirar as pessoas a refletirem sobre outras possibilidades, e mostrar a elas que é possível — e necessário — fazer algumas mudanças em suas vidas, sem que elas se tornem tão radicais quanto ele.

Dessa forma, realmente existem algumas coisas que precisam ser repensadas. Só nos EUA, por exemplo, 40% de toda a comida produzida — ou o equivalente a US$ 165 bilhões (cerca de R$ 325 bilhões) — vai para o lixo todos os anos. Já em escala mundial, um terço de todos alimentos produzidos acaba sendo desperdiçado, o que equivale a US$ 1 trilhão anualmente. Pense nisso!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.