Olhe a arte! Moleque apaga chama que queimava há 200 anos no México
7.725
Compartilhamentos

Olhe a arte! Moleque apaga chama que queimava há 200 anos no México

Último Vídeo

Não sei você, caro leitor, mas eu, quando era pequena, bastava um olhar "hitlerístico" dos meus pais — especialmente da minha mãe! — para eu saber que era hora de bancar a estátua, não me mover, "abrir o bico" ou não tocar em absolutamente nada. Simples assim. No entanto, parece que essa cultura (e medo mesmo de levar uma bela de uma bronca ou um par de chineladas no traseiro) vem se perdendo e o que vemos com cada vez mais frequência são crianças e até adolescentes aprontando livremente em locais públicos.

A última "arte" da qual ficamos sabendo foi registrada no México recentemente — onde um moleque viu uma chama acesa em um museu, deve ter pensado que se tratava de uma velinha de aniversário ou coisa do tipo, foi lá e apagou o fogo, tudo isso enquanto seu pai assistia a tudo impassível. No entanto, de acordo com Elizabeth Legarreta, do site FayerWayer, o problema é  que não se tratava de uma vela ou foguinho decorativo, mas de uma chama conhecida como “El Fuego de la Libertad” e, segundo rezam as lendas, queimava há 200 anos.

Irresponsabilidade

Conforme contou Elizabeth, a chama se encontrava abrigada há 60 anos em uma sala especial de um edifício histórico do século 18 chamado Alhóndiga de Granaditas, que fica na cidade de Guanajuato. Esse prédio que, no passado servia de armazém e comércio de grãos, foi um dos primeiros palcos da luta pela independência do México — e "El Fuego de la Libertad" simbolizava a primeira batalha vencida pelos mexicanos contra os espanhóis. Então, sim, o fogo que o moleque apagou era bastante significativo.

Luta pela independênciaColagem que mostra vários momentos da luta pela Independência do México (Wikimedia Commons/Hpav7/Domínio Público)

Tudo bem que crianças são crianças e vão se comportar como tal — e o menino certamente pouco entende de batalhas ou da história da luta de seus antepassados pela independência de seu país. Mas, conforme você poderá ver no vídeo abaixo, o "Batman" estava acompanhado de um adulto, aparentemente o pai, segundo disse Elizabeth. Assista ao clipe a seguir:

Como você acabou de ver acima, o moleque não parece ter muitos limites — veja, caro leitor, estou recordando da minha infância e eu jamais teria permissão de me aproximar tanto de algo de importância histórica sem supervisão —, e o adulto que está com ele, não parece ter muita autoridade (ou se importar com a coisa toda!). Pessoalmente, acho que os dois, pai e menino, mereciam dormir com o "traseiro quente", mas, e você, o que opina?

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.