Deu ruim: escola na China apresenta dançarinas de pole dance para crianças
190
Compartilhamentos

Deu ruim: escola na China apresenta dançarinas de pole dance para crianças

Último Vídeo

Quem tem filhos ou parentes em idade escolar sabe que as escolas tentam supreender e se sobressair a cada ano. Os eventos escolares deixaram de ter apenas cartolina e porpurina há tempos e as expectativas só aumentam. Pois em uma pré-escola de Shenzen, no sul da China, a diretora decidiu trazer algo diferente e surpreendente para o evento de boas-vindas. 

Com cerca de 500 crianças de idades entre 3 e 6 anos e muitos pais, a apresentação de dançarinas girando em torno de um poste enrolado com a bandeira do país certamente chamou a atenção de todos os presentes. É isso mesmo que você pensou, eram dançarinas de pole dance! A diretora Lai Rong afirmou que os pais haviam pedido novas modalidades de dança para as crianças e por isso ela achou uma boa ideia trazer as jovens acrobatas para a escola. Infelizmente, já adiantamos que a história não acabou bem para Lai, que foi demitida sumariamente.

Um dos pais presentes no evento era o jornalista norteamericano Michael Standaert, que filmou a apresentação e postou nas redes sociais. O conteúdo logo viralizou, é claro. No post ele comenta: “quem achou que isso era uma boa ideia?”. 

Nos videos publicados na internet é possível ver muitas crianças ao redor do palco onde as dançarinas se apresentavam. Com short, top e sandálias de salto alto, as moças subiam, desciam e rodopiam em frente aos alunos, que não demonstram nenhum constrangimento, diferente dos pais... 

“Crianças são bastante simples, elas não complicam e pensam demais a respeito disso”, afirmou a diretora em uma entrevista. “Elas apenas acham que é incrível que alguém consiga voar em um posta daquela maneira”, comentou ela. 

Segundo o jornalista, sua esposa tentou falar com a diretora, mas ela desligou o telefone logo após afirmar que a apresentação era “internacional e um bom exercício”. E realmente é, mas talvez não para o público apropriado. Pelo menos é o que afirmaram os pais dos alunos. A modalidade cresce muito no país como esporte, com diversas competições e academias de atletas focados nas acrobacias realizadas no poste.

A escola publicou um comunicado pedindo desculpas aos pais, que foi divulgado na imprensa chinesa: “Houve uma falta de consideração e compreensção do conteúdo da performance”.

Lai Rong afirmou que foi mal compreendida no fim das contas. “Toda minha carreira no setor de educação foi destruída por esse único evento, somente cinco minutos de performance”, afirmou. “A intrnet é forte demais”. É sim, dona diretora, é sim. 

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.