Sabe o que acontece com as operárias depois que a formiga-rainha morre?
238
Compartilhamentos

Sabe o que acontece com as operárias depois que a formiga-rainha morre?

Último Vídeo

Você já deve saber a resposta para a pergunta que fizemos no título, certo? Sim, depois que a formiga-rainha morre, as formiguinhas operárias morrem. Todas elas, pobrezinhas. Mas, você sabe a razão de isso acontecer? Quem explicou o que rola no formigueiro foi o pesquisador brasileiro Eduardo Fox, doutor em Zoologia e Entomologia pela UNESP, em uma publicação superdidática compartilhada no site Quora.

Questão de anatomia

Segundo Eduardo, para entender o motivo de as operárias encontrarem um fim trágico depois que a rainha morre, precisamos compreender como essas criaturinhas se alimentam. Então, para começar, dê uma boa olhada no corpo das formiguinhas a seguir:

Várias formigas(Wikimedia Commons/Stephen Ausmus)

Notou como elas têm “cinturinhas” bem fininhas — e um “traseirão”? De acordo com Eduardo, o estômago das formigas se localiza justamente nessa porção mais volumosa do corpo, o que significa que elas são incapazes de consumir alimentos sólidos, uma vez que os fragmentos simplesmente não passariam por suas estreitas cinturas.

É aqui que entram as larvas, ou seja, os “bebês” que as formigas-rainhas produzem. Essas criaturas não têm a mesma cinturinha que as formigas adultas e, portanto, enfrentam menos problemas quanto ao consumo de alimentos. Veja abaixo um desenho de como são seus corpos:

Larvas de formiga(Quora/Eduardo Fox)

Maternidade

Eduardo contou que, basicamente, o papel das operárias de uma colônia é garantir que as larvas sobrevivam e se desenvolvam. Para isso, elas trabalham duro e em conjunto, levando alimentos ao formigueiro — onde mastigam o que foi coletado e “cospem” o material para que os “bebês” comam.

Essa “papinha” é engolida e digerida pelas larvas e, então, elas secretam uma substância rica em aminoácidos e ácidos graxos que serve de alimento para as operárias. Pois bem, quem gera as larvas, conforme mencionamos anteriormente, são as rainhas. Assim, quando elas morrem e deixam de produzir “bebês”, o formigueiro — que, na verdade, funciona como uma maternidade — perde sua razão de existir e, em pouco tempo, as formigas se tornam desorganizadas e morrem.

Conforme acrescentou Eduardo, as vespas e algumas espécies de formigas mais primitivas podem produzir novas rainhas mais facilmente, caso haja um indivíduo fértil na colônia capaz de acasalar e procriar. No entanto, se esse exemplar “substituto” não existir, sua ausência sela o destino da comunidade inteira. E aí, caro leitor, você sabia disso tudo?

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.