7 curiosidades sobre o uso da energia elétrica
51
Compartilhamentos

7 curiosidades sobre o uso da energia elétrica

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Quantas pessoas não têm acesso à energia elétrica no mundo? Quais os países que mais consomem eletricidade? Neste artigo, você vai descobrir as respostas para essas e outras perguntas curiosas relacionadas com o uso da energia. Confira a seguir!

1 – Bolas laranjas nos fios elétricos

Você já deve ter reparado naquelas bolas no tom laranja presentes nos fios de alta tensão, certo? Não, elas não são enfeites e nem foram parar lá por acaso. Seu nome técnico é “esfera sinalizadora” e elas estão ali com um objetivo previsto nas normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Bolas laranjasVocê já as viu, certo? (Science ABC)

As esferas sinalizadoras são colocadas nos fios elétricos para evitar acidentes envolvendo aeronaves e helicópteros. Inclusive é por esse mesmo motivo que elas são laranja. A cor possui bastante contraste e pode ser vista com facilidade mesmo de longe. Sabia dessa?

2 – Mais de 1 milhão de pessoas no escuro

Segundo um levantamento feito no último ano pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o número de endereços sem luz aqui no Brasil chega a 1 milhão.

Vela acesaQuem nunca passou por essa situação? (Unsplash/Jarl Schmidt)

Em Pernambuco, por exemplo, existe um vilarejo chamado Geraldo, situado na zona rural de Salgueiro, e, de lá, os habitantes enxergam os fios de alta tensão da janela de suas casas, mas, ainda assim, não conseguem sequer consumir água gelada devido à falta de acesso à energia para ligar uma geladeira.

3 – Energia mais cara do mundo

Você acha que a energia elétrica no Brasil custa caro? Pois ela é mesmo! Mas existem países onde ela é ainda mais cara. No ranking que mede o custo da energia em diferentes nações do mundo, a nossa ficou na 6ª posição.

Conta de luzE a sua, como é? (Gazeta Online)

Quem ocupa o topo da lista é da Índia, onde a geração de energia elétrica custa R$ 596,96 por MW-h — contra R$ 505,18 aqui no Brasil (teto fixado até dezembro de 2018). Por isso, é para o país asiático que vai o primeiro lugar.

4 – A maior usina hidrelétrica do mundo

Muita gente acredita que a usina de Itaipu, situada em Foz do Iguaçu, é a maior do mundo. E a curiosidade número 4 é para essas pessoas. O lugar mais alto no pódio das hidrelétricas não é da brasileira, mas sim de uma hidrelétrica que fica na China.

HidrelétricaGigante! (Wikimedia Commons/Rehman)

A Usina de Três Gargantas, localizada no Rio Yang Tsé, é a maior usina hidrelétrica do planeta, e essa belezinha levou 19 anos para ficar pronta. Estima-se que a obra toda custou US$ 25 bilhões, e que mais de 40 mil trabalhadores tenham sido necessários para a execução do projeto da majestosa e controversa estrutura. Quais serão os impactos desse tipo de construção no meio ambiente em longo prazo? Só o futuro dirá...

5 – País com maior incidência de raios do mundo

Ainda falando sobre primeiros lugares, qual será o país campeão quando o assunto são raios? É o Brasil-sil-sil! Pois é, caro leitor, de acordo com o levantamento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o Brasil está no topo quando o assunto são as famosas descargas elétricas.

Tempestade de raiosÉ sempre bom ter muito cuidado (Today)

Mas já que o assunto são os raios, que tal aproveitar o momento para relembrar alguns conselhos básicos de segurança? Para não correr o risco de ser atingido por um dele durante uma tempestade, preste atenção:

  • Não fique exposto em locais abertos, como praias e parques;
  • Não use o celular conectado à tomada durante uma tempestade de raios;
  • Fique longe de objetos condutores de eletricidade;
  • Se possível, entre em um carro, pois o metal dos veículos conduz a eletricidade sem atingir quem se encontra em seu interior.

6 – Maiores consumidores de energia elétrica do mundo

Você tem alguma ideia de quais são os países que mais consomem energia no mundo inteiro? Uma dica: esses dois países juntos são responsáveis por 40% do consumo de todo o planeta!

RaiosE aí, sabe quais são eles? (Vox)

Se você arriscou China e Estados Unidos como palpite, acertou em cheio.

7 – Horário de verão e o consumo de energia

O primeiro registro que se tem acerca da adoção do horário de verão no Brasil é de 1931. A medida tem o objetivo de fomentar o aproveitamento da luz natural e, assim, reduzir o consumo de energia elétrica. Mas, a medida não tem sido tão efetiva assim e, por isso, muito em breve, ela pode ser descontinuada.

Torre de distribuição Você é a favor ou contra? (GTM)

Para se ter ideia, entre os anos de 2013 e 2016, a economia de energia devido ao horário de verão caiu de R$ 405 milhões para R$ 159,5 milhões. Nos estados que compõem as regiões Norte e Nordeste do Brasil, ele já não acontece, pois, por lá, a luminosidade já é maior o ano inteiro, em comparação às demais regiões do Brasil.

***

Gostou de saber de todas essas curiosidades? E ainda falando sobre energia elétrica, uma coisa é certa: não dá para ficar sem ela nos dias de hoje. Tanto é que muitas empresas optam por alugar geradores de energia para fugir das interrupções, muito comuns aqui no nosso país. E você, já parou para pensar no quanto depende de energia no dia a dia?

*Via assessoria.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.