Humboldt: a América redescoberta pelos olhos do explorador alemão

Humboldt: a América redescoberta pelos olhos do explorador alemão

Último Vídeo

Alexander von Humboldt, nascido em 14 de setembro de 1769 em Berlim, foi um importante explorador alemão. Chamado de "segundo Cristóvão Colombo", foi ele quem "redescobriu" a América.

Para a escritora do livro sobre Humboldt, The Passage to Cosmos, "... Colombo, viajando com um exército, descobriu uma riqueza material que levava à servidão; Humboldt, viajando apenas com um único companheiro, o botânico francês Aime Bonpland, descobriu uma riqueza de conhecimentos que levaram à libertação”.

Sua chegada à América, séculos depois de Colombo, transformou novamente o destino do continente e o eixo da potência mundial. O alemão, "descobridor científico da América", não levou ouro e prata embora, mas notas científicas, medidas astronômicas e também retirou milhares de amostras geológicas, botânicas, fósseis, além de várias ilustrações.

(Fonte: Humboldt/Reprodução)
(Fonte: Humboldt/Reprodução)

Contando a história da América

Ao longo de três décadas, Humboldt dedicou-se a narrar sua viagem em diversos volumes que incluíam botânica, zoologia, geologia, astronomia, meteorologia, relações públicas, economia e geografia dos países americanos que ele visitou. Seu trabalho influenciou inclusive Charles Darwin, o naturalista britânico, a escrever Viagem do Beagle, referência para uma de suas maiores obras: A Origem das Espécies.

"Enquanto Colombo foi a causa de nações inteiras serem reduzidas à servidão, Humboldt abriu o caminho para as revoluções que deram independência às nações da América do Sul", declarou a historiadora Walls. Humboldt era apaixonado pela América do Sul, considerando a região a mais bonita do mundo. Acreditava que, abrindo os olhos da Europa para toda essa riqueza, poderiam encontrar soluções para a guerra a opressão e outros conflitos.

Além disso, ficou conhecido como “inventor da natureza”, por ter criado a noção de que a Terra é um organismo vivo, onde tudo está interconectado. Ele foi o primeiro a alertar sobre as ligações entre o desmatamento e as mudanças no clima, que causam catástrofes no meio ambiente. Foi um verdadeiro precursor dos estudos sobre mudanças climáticas.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.