Iídiche: aprenda o idioma dos judeus no Duolingo

O aplicativo de idiomas Duolingo preparou uma novidade especial para seus 500 milhões de usuários no mundo todo em 2021. Agora quem baixar o aplicativo, além de poder aprender outros 39 idiomas, também terá a possibilidade de aprender o iídiche, uma língua que mistura o alemão antigo, hebraico, aramaico e mais algumas línguas eslavas.

O que muita gente não sabe, entretanto, é que o iídiche já chegou a ser uma linguagem bastante popular no planeta. Se agora existem apenas aproximadamente 600 mil falantes, cerca de 13 milhões de pessoas eram fluentes nessa língua antes do Holocausto dizimar boa parte dos judeus residentes na Europa.

Aprendendo iídiche

(Fonte: Duolingo/Divulgação)(Fonte: Duolingo/Divulgação)

Para a elaboração do curso, o Duolingo precisou de um time de colaboradores voluntários que representasse os três maiores dialetos iídiche conhecidos e tivessem experiências de vida diversas. Por ser um idioma ameaçado de extinção, o aplicativo tomou cuidado para que todo o processo fosse feito com precisão e assertividade em seu ensinamento.

Por isso, o curso precisou de cinco anos para ser concluído. Além de surgir como uma importante forma de preservar a rica cultura histórica judaica, o aprendizado de iídiche é também uma opção bastante interessante para os amantes de idiomas que desejem expandir seus horizontes para uma linguagem extremamente interessante.

"É a continuação de um trabalho que fazemos há muito tempo com outros idiomas minoritários, como o guarani, o hawaiano e o escocês", ressaltou a diretora de marketing do Duolingo, Analigia Martins. Inicialmente, o curso estará disponível em inglês de forma gratuita e contará com exercícios de fala, leitura, escrita e escuta para o idioma.

Diferença entre o iídiche e o hebraico

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Como citado anteriormente, o iídiche é formado por uma composição de idiomas a qual inclui o hebraico. Enquanto o hebraico surgiu entre 15.000 a.C. e 2.000 a.C. e é uma linguagem oriental e semítica, o iídiche tem origem mais recente nos séculos 10 e 11 e surgiu perto da fronteira entre a França e a Alemanha.

O idioma surgiu como forma de criar um segredo, visto que as comunidades judaicas locais desejavam se comunicar entre si sem que os cristões compreendessem. Para quem não conhece, essas são algumas palavras do iídiche e seus significados:

  • Bagel - pão em formato de anel
  • Mazel Tov - parabéns, boa sorte
  • Bubbe - avó
  • Zayde - avô
  • Mishigas - loucura ou insanidade
  • Schmutz - sujeira, confusão


Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.