Esmaltes para todos os gostos

18/05/2011 às 12:324 min de leitura

Fonte: Divugação

Lembre-se de suas idas à manicure há dois anos. Quais eram as opções de cores? Em geral, variações de branco e rosa claro. Quem queria ousar, optava por alguns tons escuros ou vermelhos.

A partir de 2009, o setor começou a mudar com o lançamento do esmalte Jade, da Chanel. O produto, em tom de verde, chamou atenção de fashionistas e, tempo depois, das mulheres brasileiras. Era o passo inicial para o desenvolvimento da indústria de esmaltes. Se antes eram lançadas apenas duas coleções por ano, agora, a cada mês surgem novas cores, tons e acabamentos.

O segmento cresceu 30% somente em 2010 e pesquisas indicam que a expansão deve continuar. Um estudo desenvolvido pelo Instituto TNS, com participação de 600 entrevistados, concluiu que 86% das brasileiras pintam as unhas pelo menos uma vez por semana. Já 14% das participantes aplicam o esmalte duas vezes nesse mesmo período, mas também existem meninas que trocam as cores das unhas todos os dias.

Antes considerados apenas um enfeite para as mãos, os esmaltes agora são um acessório da moda, tão indispensáveis quanto brincos e lenços. Marcas brasileiras reproduzem tendências das grandes marcas internacionais, ampliando o número de boas opções.

A escolha depende da saúde das unhas, comprimento e mesmo da estação do ano. Hoje, os esmaltes não apenas colorem, mas também cuidam da saúde da região. São tantas as possibilidades de acabamento e tipos, que fica até difícil escolher.

Tipos de acabamento

Foscos, cremosos ou até mesmo glitterados. Além das cores, os acabamentos vêm ganhando cada vez mais atenção e tecnologia da indústria do setor.

O acabamento creme, mais tradicional, ainda faz sucesso, apesar não ter nenhum detalhe especial. Porém, o resultado brilhante e cremoso na cor plana ainda conquista muitas adeptas.

Outro acabamento tradicional é o cintilante (ou shimmer), que possui brilho adicional, sutil como de uma pérola. Antes comum na cor prata, agora possui novas variações.

Os esmaltes foscos (ou matte) ganharam espaço entre as mulheres no ano passado. Não possuem nenhum brilho e são difíceis de aplicar. Em combinações com metálicos, glitterados e cintilantes, dão um bom resultado.

Também chamados de sheer, os semitransparentes são encontrados principalmente em tons nude e rosa. São fáceis de aplicar, possuem acabamento transparente, liso e uniforme. São usados frequentemente em francesinhas, pois realçam o branco na ponta da unha.

Para quem gosta de ousar no brilho, os glitterados são a melhor opção. Eles possuem partículas de glitter cujo tamanho varia entre as marcas e, devido a elas, o acabamento, apesar de bonito, não é liso.

Fonte: risque.com.br

Os metálicos também brilham, mas de forma diferenciada. Eles são mais comuns em cores como ouro, prata e cobre e fazem com que a unha pareça coberta por metal líquido. Tons azuis e vermelhos também têm feito sucesso nessa categoria.

Para equilibrar as tendências, os esmaltes foil têm um acabamento que fica entre o metálico e o glitter. As partículas mais finas de brilho proporcionam efeito metálico mais ousado.

Um novo tipo tem se tornado popular nos salões de beleza. O acabamento jelly tem um aspecto gelatinoso, parece translúcido, mas possui cor definida. A unha fica extremamente brilhante e com o mesmo aspecto da superfície de uma gelatina.

As mulheres que simpatizam com o acabamento fosco podem optar pelo esmalte plastic. Também conhecido como emborrachado, não tem o brilho do cremoso, mas não é matte. Na verdade, a superfície da unha assemelha-se com a de um pedaço de borracha ou plástico. É mais cremoso que o fosco e possui maior durabilidade.

O mesmo público dos plastics também irá gostar do estilo suede (ou velvet), que mescla o acabamento matte com um aspecto aveludado. Misturar os tipos foil e fosco traz o mesmo efeito.

Lançados recentemente no Brasil, os holográficos (ou 3D) têm efeito de prisma e refletem a luz em cores variadas, dependendo da sua incidência. Deixam a superfície da unha muito lisa, devido às plaquetas de alumínio de sua composição. Vale ter cuidado com produtos nacionais que prometem o efeito, mas na verdade, só possuem mais glitter na composição.

Os duocromáticos são bastante parecidos, mas a incidência de luz sobre eles pode refletir apenas duas cores. Alguns lançamentos recentes brilham em tons de verde e violeta e verde e azul. Esmaltes furta-cor são facilmente confundidos com eles, mas sua cor reluz em outra diferente, além de ser menos brilhante.

Quanto às cores, os esmaltes neon chamam atenção. Eles possuem cores brilhantes em tons de verde, rosa e laranja, geralmente com acabamento fosco.

Já algumas coberturas acabam ganhando mais destaque que a própria cor. É o exemplo dos esmaltes flocados, que dão um efeito liso e manchado à unha.

Fonte: Divulgação

Outro modelo é o craquelado, que costuma ter cor de base para ser aplicado por cima de outro esmalte. Ao secar, ele cria pequenas rachaduras, fazendo com que a cor da primeira camada apareça. Esse tipo possibilita infinitas combinações e os desenhos são sempre inéditos.

Uma opção diferenciada é o acabamento magnético, que permite a criação de desenhos diversos com um ímã comum. Isso é possível porque ele possui partículas magnéticas em sua composição. A inovação, no entanto, ainda não é fabricada no Brasil.

Tratamentos para antes e depois da manicure

Fonte: orlybeauty.comNão são só as cores e os acabamentos que movimentam o mercado. Outros produtos são desenvolvidos pela indústria do setor para serem utilizados antes e depois dos esmaltes, com efeitos que vão além da estética.

As bases, por exemplo, protegem as unhas e evitam que elas fiquem fracas e quebrem. Além disso, previnem a descoloração das mesmas, causada pelo uso repetido de tons escuros.

Alguns tipos especiais auxiliam no crescimento e força das unhas. Eles possuem reforço de fibras e proteínas, que impedem as unhas de lascar ou partir e ainda promovem o crescimento saudável. Essas bases devem ser aplicadas diariamente para atingir bons resultados.

Para prolongar a duração do esmalte, o extrabrilho (ou verniz) deve ser aplicado após a manicure, dá brilho e impede que a unha lasque. Os esmaltes de longa duração possuem o mesmo objetivo e são ideais para quem tem muitas atividades diárias no cuidado da casa.

Outro produto que auxilia a evitar estragos é o de secagem rápida. Ele leva pouco mais de um ou dois minutos para secar, poupando tempo e necessidade de possíveis consertos.

E se você gostou da possibilidade de economizar tempo, saiba que já existem opções que juntam todos esses benefícios em apenas um produto. O esmalte Todos em um contém tanto a base quanto o extrabrilho. Para melhores resultados, aplique duas ou três camadas sobre as unhas.

Com todos esses modelos de esmalte, pode ser que você demore um pouquinho mais para escolher o que aplicar nas unhas quando for à manicure. Tem modelos para todos os gostos.

Fonte
Imagem

Últimas novidades em Saúde/bem-estar

NOSSOS SITES

  • TecMundo
  • TecMundo
  • TecMundo
  • TecMundo
  • Logo Mega Curioso
  • Logo Baixaki
  • Logo Click Jogos
  • Logo TecMundo

Pesquisas anteriores: