Aposte na massagem para conquistar o bem-estar

Aposte na massagem para conquistar o bem-estar

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Fonte: Thinkstock

Quem nunca desejou uma massagem relaxante no fim do expediente ou então recorreu aos tratamentos de uma massoterapeuta para eliminar as gordurinhas e as dores nas costas? É difícil encontrar hoje alguém que nunca tenha se rendido a uma sessão de massagem para equilibrar o corpo e conquistar o bem-estar.

Para homenagear as massagistas, cujo dia é comemorado hoje (25), o TodaEla preparou um guia com algumas das técnicas existentes na área. Assim, você poderá escolher, entre tantos benefícios, qual tratamento se adéqua mais ao seu perfil.

Em geral, a terapia usa apenas as mãos para desenvolver movimentos que relaxam, acabam com pontos de tensão, suavizam dores e eliminam até os indesejados pneuzinhos, atuando das camadas superficiais às mais profundas da pele. Assim, os tecidos tendem a exercer melhor suas funções, enquanto o organismo volta ao equilíbrio.

Segundo a massagista do Spa Sorocaba, Vanessa Vaz, as sessões relaxantes atuam na musculatura e ativam a circulação, enquanto as redutoras agregam ainda benefícios como a liberação de toxinas e a diminuição das medidas.

Ela ressalta, no entanto, a importância de escolher um local adequado para o tratamento. “Massagem é relaxante, mas é coisa séria”, afirma. A massagista explica que é necessário optar por uma profissional com formação, pois se a terapia não for feita do jeito certo, há o risco de o problema piorar em vez de melhorar.

Nesse contexto, ela conta que a avaliação antes de iniciar as sessões é importante para conferir o histórico do paciente em relação a doenças e cirurgias, para garantir um tratamento saudável.

Confira abaixo algumas das técnicas existentes e aposte na massagem.

Para relaxar

Fonte: ThinkstockQuick massage

Aquelas que tiveram um dia estressante e precisam relaxar, mas não têm muito tempo para se render a uma sessão completa de aproximadamente uma hora de massagem, podem recorrer à Quick Massage. Nessa técnica, o profissional usa pressões rápidas para estimular cerca de 50 pontos por todo o corpo.

O efeito é semelhante ao da acupuntura, mas sem a necessidade de utilizar agulhas. Basta o paciente sentar-se na cadeira específica para o tratamento (sem precisar se despir, pois não há uso de cremes ou óleos) e sentir o relaxamento gradual em costas, ombros, pescoço, cabeça, mãos e braços. Em poucos minutos, você sairá de lá renovada.

Massagem relaxante ou sueca

Quem possui mais tempo para dedicar ao relaxamento pode desfrutar da massagem sueca, um dos tipos mais comuns de tratamentos para quem quer aliviar o stress e acabar com a tensão.

Durante a sessão, que é feita em uma maca ou cama adequada, o profissional aplica movimentos suaves e longos, com a ajuda de óleos ou cremes hidratantes. A pressão é aplicada sempre no sentido do fluxo sanguíneo por todo o corpo e cada movimento tem uma função. Os deslizamentos são mais leves, a fricção (ou amassamento) relaxa a contração dos músculos, a vibração proporciona alívio a áreas menores e a percussão (leves batidas) tem efeito estimulante.

Além de reduzir o stress e melhorar a circulação, a massagem sueca também pode suavizar enxaquecas, dores nas costas, pescoço e cabeça, além de torcicolo, lombalgia e incômodos no nervo ciático. Ela ainda pode complementar o tratamento de lesões e de fadiga muscular.

Fonte: Thinkstock

O relaxamento do corpo e das tensões do dia a dia equilibra o organismo. Assim, a tendência é que você se sinta menos ansiosa, não sofra com a insônia e ainda elimine mais toxinas do corpo. O resultado é o melhor funcionamento dos órgãos e tecidos, além do fortalecimento do sistema imunológico.

Aromaterapia

Recentemente, o TodaEla já explicou um pouco mais sobre a aromaterapia, técnica que utiliza óleos essenciais para promover o bem-estar por meio do estímulo do olfato. Quando combinado à massagem, o tratamento é infalível para suavizar os sintomas do stress.

Em geral, os movimentos são leves e deslizantes para que a paciente se sinta confortável e possa descansar. Dependendo do óleo escolhido, é possível atuar em diferentes problemas, como irritabilidade, falta de concentração, má circulação sanguínea e a tensão em vários pontos do corpo.

Fonte: Thinkstock

Após a sessão, a tendência é se sentir em equilíbrio e com a energia em ordem para enfrentar a rotina.

Massagem com pedras quentes

Para as mulheres que sentem que o corpo está em desequilíbrio ao fim do dia, a dica é apostar em massagens que utilizam pedras. Elas são colocadas ao longo dos músculos, em diferentes temperaturas (quentes ou frias), com o objetivo de proporcionar o equilíbrio das funções do organismo.

A terapia teve origem no oriente e utiliza pedras vulcânicas e sedimentares que absorvem o calor e energizam o corpo. Entre os minerais mais usados estão a sodalita, o cristal, o olho de tigre, a ágata azul e a ametista, por exemplo.

A massagista Vanessa ressalta que essa massagem é indicada para o relaxamento e traz benefícios para problemas como a cólica menstrual e dores na lombar.

Fonte: Thinkstock

Ao fim do tratamento, a tendência é estar com a musculatura relaxada e a mente em equilíbrio.

Shiatsu

Vindo também do Oriente, o shiatsu usa os dedos e as palmas das mãos para pressionar a pele e atuar nos mesmos pontos trabalhados pela acupuntura. Além de relaxar, a técnica melhora o funcionamento dos órgãos, libera as áreas de tensão e energiza o corpo.

Assim, também é uma boa opção para quem quer suavizar o stress do dia a dia.

Massagem tailandesa

Essa técnica tem por objetivo cuidar da mente, do corpo e do espírito usando movimentos semelhantes aos da ioga. O tratamento inclui massagem com movimentos de compressão e descompressão, alongamentos e exercícios que visam a diminuir o ritmo da respiração e da frequência cardíaca. Há ainda pressões feitas com os dedos para liberar o fluxo energético.

A terapia é indicada para quem precisa relaxar e reequilibrar o corpo, além de trazer benefícios também para as mulheres que estão com a libido em baixa. Em contrapartida, quem possui infecções na pele ou passou por uma cirurgia recentemente não deve investir nessa terapia.

Reflexologia

Fonte: Thinkstock

Nesse tratamento, a massagista estimula pontos específicos dos pés que correspondem a órgãos, sistemas, glândulas e músculos do organismo. Por meio de pressões, fricções e movimentos circulares, é possível melhorar a circulação sanguínea, oxigenar as células, detectar problemas em alguma região e acabar com dores e desconfortos.

Além de equilibrar o corpo, a estimulação dos pontos certos nos pés promove uma intensa sensação de relaxamento e bem-estar.

Ayurvédica

Assim como na aromaterapia, a massagem ayurvédica também usa óleos aromáticos e extratos de ervas medicinais, que são escolhidos de acordo com estilo da paciente para aguçar os sentidos. A técnica vem da Índia e, além de relaxar, pode estimular e liberar toxinas presas aos músculos.

Os movimentos são associados à respiração e as regiões mais profundas da pele também são alcançadas.

Por isso, a massagem também pode beneficiar problemas de postura. Vale ressaltar, no entanto, que mulheres com quadros de inflamações, infecções, excesso de toxinas no corpo, gravidez ou menstruação devem evitar a técnica.

Para ficar mais bonita

Massagem modeladora

Fonte: Thinkstock

Aquelas que querem eliminar os pneuzinhos e redefinir as curvas podem apostar na massagem. Na técnica modeladora, não há relaxamento: os movimentos são rápidos e intensos, com amassamento e deslizamento das mãos sobre a pele com a ajuda de cremes para desmanchar a gordura, redistribui-la e acabar com a aparência de casca de laranja ocasionada pela celulite.

Segundo a massagista Vanessa, além das gorduras, o tratamento também ajuda a eliminar as toxinas das células por meio da urina e do suor. Para melhores resultados, ela ressalta a importância de investir em pelo menos 10 sessões. Além disso, usar um creme com propriedades específicas para eliminar celulite, flacidez ou reduzir medidas garante melhores efeitos.

Nas primeiras sessões, é possível sentir dor e desconforto, que tendem a sumir conforme o corpo se acostuma com o estímulo. Devido à intensidade dos movimentos, quem possui inflamações e varizes deve evitar o tratamento. Vanessa ressalta que mulheres grávidas ou com doenças graves, como câncer, também não devem fazer massagens desse tipo.

Drenagem linfática

Fonte: Thinkstock

É difícil encontrar hoje alguma mulher que ainda não tenha experimentado os benefícios da drenagem linfática. A massagem estimula o sistema linfático, que é o responsável por absorver e transportar líquidos, proteínas e gorduras pelo corpo.

Quem sofre com inchaço, por exemplo, pode eliminar os líquidos com mais facilidade graças ao tratamento, que é indicado não apenas com finalidade estética, mas também para pacientes com problemas de tireoide ou no ciclo menstrual. Vanessa ressalta que a terapia ativa a circulação, limpa as toxinas do sangue e ainda alivia os sintomas do stress. Os movimentos são suaves e com leves pressões, para que a linfa se movimente por meio dos vasos e dutos linfáticos.

A massagista explica que o tratamento não é indicado apenas para grávidas com menos de 3 meses de gestação e pacientes com trombose.

Unterwassermassage

A técnica de nome complicado vinda da Alemanha mescla um banho especial e a massagem para tonificar o corpo. A paciente fica imersa em uma banheira e a massagista usa um jato de água forte em várias regiões do organismo. Assim, o tratamento oferece outros benefícios, como o aumento da circulação, relaxamento, auxílio na eliminação de líquidos e toxinas.

Pessoas em reabilitação também podem experimentar a novidade, mas vale ressaltar que antes de começar é preciso passar por uma análise para definir a velocidade do jato.

Para melhorar a saúde

Massagem profunda do tecido

Fonte: Thinkstock

Aquelas que possuem dor muscular crônica podem recorrer à massagem como forma de tratamento para suavizar os sintomas. Essa técnica atua na reorganização dos tecidos nas camadas profundas dos músculos por meio de movimentos que exercem pressão sobre as áreas lesionadas.

Essa massagem também é recomendada para mulheres com problemas de postura e luxações.

Fonte: ThinkstockMassagem em gestantes

As futuras mães também podem desfrutar dos benefícios da massagem, desde que os movimentos sejam feitos com mais leveza. A profissional do Spa Sorocaba explica que, nesses casos, há técnicas especiais para aplicar a drenagem, por exemplo.

Para elas, os efeitos são positivos para vários aspectos, entre eles os hormonais, os fisiológicos e os psicológicos, pois o tratamento ajuda a aliviar a tensão e a ansiedade em relação ao parto. Além disso, ela ainda suaviza as dores musculares nas pernas e na lombar.

Dependendo da fase da gestação, é possível fazer a sessão com a paciente sentada ou deitada.

Massagem desportiva

Quem pratica esportes sabe que não sobram apenas benefícios dos treinos. Junto com a sensação de dever cumprido, vêm as dores musculares e possibilidade de lesões. Assim, quem tem objetivos de participar de competições pode apostar na massagem para melhorar o desempenho do exercício físico.

Movimentos rápidos e superficiais antes da malhação ajudam a despertar o músculo, enquanto no intervalo vale massagear as regiões trabalhadas para eliminar o ácido lático. Ao fim do exercício, a sessão deve ter movimentos mais profundos, para prevenir dores.

Massagem terapêutica

Essa técnica é indicada especialmente para aliviar a dor músculo-esquelética e é formada por movimentos bem específicos. Para tornar a massagem mais relaxante, é possível associá-la à reflexologia e, dessa forma, não apenas ter melhora dos sintomas, mas também aliviar a tensão muscular e relaxar.

Massagem do tecido conjuntivo

Aquelas que estão passando por um problema em algum órgão podem apostar nesse tipo de terapia para complementar o tratamento. Os movimentos não são suaves, pois a massagista puxa a pele, como se fosse descolá-la. Dessa maneira, é possível chegar até a área lesionada por meio de caminhos do sistema nervoso.

Vale ressaltar que essa terapia pode causar alergias e irritar a pele, já que o estímulo usado é doloroso.

Quiropraxia

Fonte: Thinkstock

Ao contrário de outras massagens, esse tratamento não trabalha os músculos, mas sim as articulações. Os movimentos são rápidos e precisos para relaxar e realinhar essas regiões e, assim, acabar com dores.

Não é à toa que essa terapia é indicada para suavizar desconfortos lombares, hérnias de disco e tensões no pescoço, como explicou a massagista do Spa Sorocaba. Vanessa ressalta ainda a importância de escolher profissionais especializados nessa área, como as fisioterapeutas, para garantir um resultado efetivo.

Massagem nos Trigger Points (ou Pontos de Gatilho)

Você já deve ter reparado que certas dores no corpo ao fim do dia parecem vir de pontos específicos e se alastrarem por outras regiões. Para a massagem, esses são os Trigger Points, pontos tensos, sensíveis e doloridos, que causam problemas como enxaquecas, torcicolo, lombalgia ou tendinite.

Para ajudar a eliminar esses problemas, a terapia aposta em movimentos específicos nessas regiões para aliviar a pressão sobre elas e, consequentemente, as dores que surgiram, para garantir uma rotina tranquila.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.