(Fonte da imagem: Reprodução/Live Science )

De acordo com uma notícia publicada pelo site Live Science, um estudo realizado por um time de pesquisadores irlandeses e norte-americanos sugere que um dos nossos ancestrais mais antigos pode ter tido a aparência de um tubarão.

Ao analisarmos qualquer ser vivo, existem dois aspectos aos quais devemos prestar atenção: se possui maxilar e coluna vertebral. Caso a resposta seja sim, isso quer dizer que, mesmo que muito — muito — distante, esse ser vivo e os seres humanos se originam de um mesmo ancestral.

Segundo os pesquisadores, a criatura mais antiga de que se tem notícia a apresentar maxilar e coluna vertebral foi um peixe gigante da classe Acanthodii, que habitou o nosso planeta na era paleozoica, há 300 milhões de anos.

Cabeça de tubarão

Baseados em análises realizadas em crânios de um fóssil de Acanthodes bronni, um dos espécimes mais bem preservados pertencentes a essa mesma classe de peixes — a Acanthodii —, os pesquisadores observaram que, em sua maioria, essas estruturas se assemelhavam muito às dos tubarões.

Depois de avaliar 138 características presentes nos crânios fossilizados, mais similaridades os pesquisadores encontravam com os tubarões. Com a descoberta, os pesquisadores esperam entender melhor a evolução dos peixes e o que o levou algumas espécies a desenvolver maxilares e outras não.

Fontes: Nature e Live Science