(Fonte da imagem: Reprodução/Wikipédia )

Segundo um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Oxford, os nossos antigos ancestrais começaram a se alimentar de grama 500 mil anos antes do que se pensava, ou seja, pouco depois de deixarem as árvores e começarem a perambular pelas savanas.

De acordo com o site New Scientist, que publicou uma notícia sobre o estudo, os pesquisadores realizaram alguns testes que apontaram que os antigos hominídeos — que habitavam o nosso planeta entre 3 e 3,5 milhões de anos atrás — supriam boa parte de suas necessidades nutricionais consumindo plantas comumente encontradas nas savanas. As evidências mais antigas conhecidas até então datavam de 2,8 milhões de anos atrás.

Os pesquisadores acreditam que esses hominídeos provavelmente consumiam raízes e tubérculos em vez de apenas grama, e que essa dieta pode ter influenciado seu deslocamento pela África. Contudo, os cientistas ainda não conseguiram determinar se esses antigos vegetarianos deixaram as árvores permanentemente ou se continuaram a se dividir entre esses dois ambientes, embora acreditem que a segunda possibilidade seja a mais provável.