Peixes já faziam sexo há 350 milhões de anos
76
Compartilhamentos

Peixes já faziam sexo há 350 milhões de anos

Último Vídeo

Segundo um estudo idealizado por John Long, da Universidade de Flinders, e publicado na revista Nature, o sexo já vinha acontecendo na Terra há pelo menos 350 milhões de anos através dos peixes. A maioria deles se reproduz externamente, liberando óvulos e espermatozoides fora do corpo, mas os pesquisadores descobriram que uma espécie deles fazia a fertilização interna.

Chamado de Microbachius Dicki, essa extinta criatura é cascuda e, hoje em dia, é conhecida como o animal mais antigo a se reproduzir através de fecundação interna. Ele viveu em lagos ao redor da Escócia e tinha um pouco mais de 3 centímetros de comprimento. A estrutura desses peixes é hoje encontrada em tubarões.

O grupo de pesquisa notou que os fósseis masculinos do peixe tinham membros chamados "claspers", que poderiam ser usados para carregar o esperma, e os fósseis do sexo feminino traziam um par de ossos que poderiam prender os claspers dentro de si. "Essa é a primeira vez na evolução dos vertebrados que machos e fêmeas desenvolveram estruturas reprodutivas separadas", disse Long em um comunicado.

Poderíamos nós, seres humanos, termos mais características dos peixes?

Long explicou também que um bom número de características dos seres humanos modernos veio do grupo de animais chamado placodermos, do qual os Microbachius Dicki fazem parte. Estas particularidades incluem as mandíbulas, dentes e membros aos pares, que se acredita terem sido originados por eles.

"Agora, nós revelamos que eles também nos deram o ato íntimo de relações sexuais", ele concluiu. O que é ainda bastante notável é que este desenvolvimento foi embora com a espécie antes de voltar novamente milhões de anos mais tarde através de seus descendentes, os tubarões e raias.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.