NASA divulga incríveis imagens em alta resolução das Nuvens de Magalhães
145
Compartilhamentos

NASA divulga incríveis imagens em alta resolução das Nuvens de Magalhães

Último Vídeo

A imagem acima mostra as nossas duas galáxias vizinhas mais próximas: a Pequena e a Grande Nuvem de Magalhães. Como você pode ver, apesar de serem bem visíveis, as duas aparecem um pouco apagadinhas na fotografia, quase como se fossem um par de borrões luminosos em meio a milhares de outras estrelas.

Contudo, a NASA divulgou novas imagens em alta resolução das Nuvens de Magalhães — que você pode conferir ao final desta matéria —, produzidas a partir de levantamentos realizados através do satélite espacial Swift. As duas figuras foram criadas a partir de um mosaico com milhares de fotografias em ultravioleta, capturadas em comprimentos de onda que variam dos 1.600 aos 3.300 angstroms, que são, em sua maioria, bloqueados pela atmosfera terrestre.

Irmãs

A figura que mostra a Grande Nuvem de Magalhães conta com 160 megapixels, e foi produzida a partir de 2.200 imagens capturadas através dos instrumentos do satélite. Já a figura que mostra a Pequena Nuvem de Magalhães conta com 57 megapixels de tamanho, e foi criada através de 656 fotografias diferentes. Apesar da grandiosidade das imagens, ambas as galáxias são relativamente pequenas quando comparamos os seus tamanhos ao da Via Láctea.

A Grande Nuvem de Magalhães, que conta com 14 mil anos-luz de uma ponta a outra, se encontra a 163 mil anos-luz de distância da Terra, e possui cerca de 1% da massa da Via Láctea. Já a Pequena Nuvem de Magalhães fica a 200 mil anos-luz de nós, tem a metade do tamanho de sua “irmã maior” e possui dois terços de sua massa. As duas galáxias orbitam ao redor uma da outra, além de orbitarem ao redor da Via Láctea também. Confira as imagens:

Pequena Nuvem de Magalhães

Fonte da imagem: Reprodução/NASA

Grande Nuvem de Magalhães

Fonte da imagem: Reprodução/NASA

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.