Descubra como as “refeições espaciais” evoluíram
35
Compartilhamentos

Descubra como as “refeições espaciais” evoluíram

Último Vídeo

Ao longo de mais de cinco décadas de aventuras e missões espaciais, o cardápio e formato das comidinhas levadas ao espaço para alimentar os astronautas mudou bastante. O pessoal do portal Space.com reuniu uma seleção de imagens que mostram o quanto a tecnologia envolvida com o preparo dos alimentos evoluiu nesse tempo todo.

Não que as iguarias pareçam especialmente apetitosas! Como você pode comprovar a seguir, as refeições espaciais não são do tipo que abrem o apetite só de olhar. No entanto, elas são bem curiosas — e você pode conferir como elas mudaram a seguir:

1 – Projetos Mercury e Gemini

Space.com

Os projetos Mercury e Gemini, da NASA, foram realizados entre os anos 1961 e 1966 e tiveram como principal propósito desenvolver a tecnologia necessária para levar o homem à Lua.  As missões também tiveram como objetivo secundário — basicamente — provar a superioridade norte-americana sobre os soviéticos na corrida espacial.

2 – Projeto Apollo

Space.com

O Projeto Apollo consistiu em uma série de missões espaciais levadas a cabo entre os anos de 1961 e 1972 e culminou com a ida dos primeiros humanos à Lua — em 1969.

3 – Comidinhas da Skylab

Space.com

A Skylab foi a primeira estação espacial colocada em órbita pelos norte-americanos, e a imagem acima mostra os itens enviados ao espaço entre os anos de 1973 e 1974.

4 – Refeições levadas nos ônibus espaciais

Space.com

Os ônibus espaciais entraram em cena no início da década de 80 para substituir as naves do Projeto Apollo, e as missões tripuladas tinham como principal objetivo a realização de reparos de dispositivos em órbita e reabastecer a Estação Espacial Internacional.

5 – Carregamento para a Estação Espacial Internacional

Space.com

A caixa acima, contendo uma série de pacotinhos com alimentos, é semelhante às que são enviadas aos astronautas. Segundo o pessoal do Space.com, a comida não só mantém a turminha da Estação Espacial Internacional bem nutrida como favorece o bem-estar psicológico da tripulação — ao inserir um elemento familiar em um ambiente inóspito e hostil.

6 – Bebidinhas

Space.com

Os pacotinhos acima — contendo água, chá, café, achocolatado e sucos — foram projetados para matar a sede dos astronautas da Estação Espacial Internacional.

7 – Alimentos termoestabilizados

Space.com

As embalagens acima, também destinadas ao pessoal da Estação Espacial Internacional, contêm alimentos que foram processados por meio de calor e pressão para eliminar possíveis microrganismos que poderiam afetar sua qualidade.

8 – Petiscos e condimentos

Space.com

Na imagem acima você pode ver pacotinhos contendo amêndoas, biscoitos amanteigados, maionese, mostarda, pimenta, amendoins cobertos de chocolate etc., todos embalados para o consumo no espaço.

9 – Mais comidinhas

Space.com

Acima, mais refeições embaladas após serem submetidas a um processo conhecido como criodessecação — ou liofilização —, que consiste em desidratar um alimento por meio do congelamento a vácuo e eliminação do gelo através da sublimação.

***

E aí, caro leitor, o que você achou dos alimentos que os astronautas consumem no espaço? Aparentemente, menos apetitosas ainda do que as comidas servidas em hospitais e viagens de avião, não é mesmo?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.