O vídeo que você acabou de ver acima funciona como uma espécie de representação visual 3D da propagação das ondas sonoras. Ele foi postado no YouTube pelo fotógrafo Nick Moore, que explicou ao pessoal do site Mental Floss como fez para botar a gota de mercúrio para dançar.

Moore colocou a gota de mercúrio em uma superfície côncava de plástico, posicionada sobre uma caixa acústica emitindo sinais puros variando entre os 10 e os 120 Hz, transmitidos por um gerador. Assim, quanto maior a frequência, maior é o número de ondulações visíveis na superfície da substância.

Agora, que tal dar uma olhada no resultado em câmera lenta e com um som menos irritante? Confira o vídeo abaixo:

Fontes: YouTube e Mental Floss