Após 7 temporadas de programa, EUA conhece seu 1º 'Guerreiro Ninja' [vídeo]
353
Compartilhamentos

Após 7 temporadas de programa, EUA conhece seu 1º 'Guerreiro Ninja' [vídeo]

Último Vídeo

Os americanos conheceram, no último mês de setembro, o primeiro vencedor da série “American Ninja Warrior” (guerreiro ninja americano), depois de sete temporadas do programa. Isaac Caldiero, auxiliar de garçom, completou o terceiro estágio da prova e se tornou o primeiro ganhador da história da versão americana da competição. Assista ao vídeo no topo da matéria para conferir como foi o desempenho de Caldiero na última etapa da final nacional da série, que lhe rendeu o prêmio de US$ 1 milhão (cerca de R$ 3,8 milhões na cotação atual).

Caldiero, de 33 anos e natural da cidade de Fort Collins, no Colorado, não foi o único que completou a prova, até então, aparentemente impossível. Também nessa edição do programa, outro americano, Geoff Britten, já havia feito história ao finalizar a terceira etapa do circuito. Porém, com 3,6 segundos a menos no último obstáculo, Caldiero venceu a sétima edição do reality show, batendo mais de 3,5 mil competidores de todo o país, desde o início da série.

O desempenho foi impressionante e provavelmente melhor que o de um dublê do Homem-Aranha no cinema. Mas por que o feito de Caldiero é tão incrível? Bem, veja a seguir a história do programa e como ele funciona para entender por que o mais novo milionário americano pode ser considerado o grande “guerreiro ninja” do país.

O show American Ninja Warrior e o original “Sasuke”

O evento Ninja Warrior é derivado de uma versão japonesa chamada “Sasuke”, e ambas são disputadas nos mesmos moldes. Os competidores são atletas que colocam à prova suas habilidades físicas, de resistência e motoras, em circuitos com obstáculos e desafios impressionantes. O programa envolve praticantes de parkour, escalada, ginástica e de diversas outras modalidades esportivas.

Segundo o site da rede de televisão NBC, emissora responsável pelo formato nos Estados Unidos, a edição oriental se tornou conhecida mundialmente chegando à sua 31ª temporada em 2015. No Japão, a atração é produzida pela rede TBS (Tokyo Broadcasting System Television).

Nos EUA, o programa percorre várias cidades, do país inteiro, realizando etapas regionais classificatórias da competição. Os melhores atletas de cada cidade se qualificam para disputar a final nacional, realizada em Las Vegas, e buscar o prêmio de US$ 1 milhão. Para conseguir o título, os atletas precisam superar as quatro etapas da última prova, em circuitos baseados nos difíceis desafios da versão japonesa.

O feito de Isaac Caldiero

Isaac Caldiero participou pela primeira vez do programa em 2013. Na ocasião, ele chegou à final em Las Vegas e apareceu com uma fantasia de Jesus Cristo, mas foi eliminado ao não completar a prova. Agora, em 2015, depois de também não conseguir sucesso na final da sexta temporada em 2014, o americano operou um pequeno “milagre” ao completar o circuito que parecia impossível. Desde que estreou, em 2009, o American Ninja Warrior nunca tido um vencedor.

Isaac Caldiero, em sua participação no American Ninja Warrior em 2013

Para efeito de comparação, em 31 edições realizadas na versão japonesa da competição, apenas três atletas conseguiram o feito de completar a última prova. A dificuldade e os poucos competidores que conseguiram finalizar o desafio mostram por que o feito de Caldiero é realmente histórico.

Ninja Warrior no Brasil

Segundo uma publicação na página do Facebook “Ninja Warrior Brazil”, de fevereiro deste ano, o programa terá uma versão brasileira em breve. Com informações sobre a competição e um convite aos atletas de todo mundo interessados em participar, a postagem diz que o evento será transmitido por uma grande emissora de TV do país. Vale a pena esperar para ver.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.