5 previsões catastróficas que não se concretizaram
141
Compartilhamentos

5 previsões catastróficas que não se concretizaram

Último Vídeo

Você deve ter acompanhado todo o falatório com respeito à previsão do vidente Jucelino Nóbrega da Luz de que um avião da TAM se chocaria com um edifício de São Paulo nesta quarta-feira, dia 26 de novembro. O acidente tinha endereço certo para acontecer — um prédio localizado entre a Av. Paulista e a Al. Campinas —, e o vidente inclusive teria informado o destino (Brasília) e o número do voo (JJ3720), e até registrado a premonição em cartório.

O desastre deveria ter ocorrido pela manhã, mas — por sorte — Jucelino estava errado. Aliás, embora o vidente tenha supostamente acertado algumas previsões, ele também teve muitas outras premonições que jamais se concretizaram. E basta fazer uma breve busca na internet para encontrar listas inteiras delas.

Aliás, o que você vai perceber é que o que não faltam são profecias catastróficas que simplesmente não aconteceram — ou você já se esqueceu das previsões do calendário maia sobre o fim do mundo em dezembro de 2012! — e não necessariamente feitas por videntes não, mas por economistas, cientistas e pensadores. Veja algumas delas a seguir:

1 – Mais previsões de Jucelino

Bem, já que começamos a matéria falando do vidente brasileiro, que tal iniciar a lista com ele? Uma das previsões mais famosas de Jucelino foi a envolvendo a morte do candidato à presidência Eduardo Campos em agosto deste ano. Em 2005, o vidente teria enviado uma carta a Campos para avisá-lo do acidente, endereçando o documento ao “Governador de Pernambuco”.

Acontece que na época Campos era Ministro da Ciência e Tecnologia, o que significa que Jucelino também deve ter previsto que ele se tornaria governador desse estado um dia. Além disso, apesar de a carta existir, não há evidências que comprovem a data na qual o documento foi postado — como carimbos dos correios, código de rastreio, prova de registro em cartório etc. — e, para piorar, a tal carta só veio a público depois do acidente que matou o candidato.

E essa não foi a única previsão furada de Jucelino: em 2003, ele teria dito que Alckmin seria eleito presidente em 2006; em 2007, que Clodovil era filho de Juscelino Kubitschek; e em 2005, o vidente chegou a entrar com um processo para receber os US$ 25 milhões oferecidos como recompensa pelo governo dos EUA por supostamente ter sonhado e avisado várias autoridades sobre o local onde Saddam Hussein estava escondido!

2 – A Quebra da Bolsa de 1929

Você se lembra de ter estudado sobre a quebra do mercado de ações nos EUA que marcaram o início de 12 anos de crise — período que ficou conhecido como “Grande Depressão” — que afetou todos os países industrializados do ocidente?

Pois três dias antes desse evento desastroso, Irving Fisher, um dos maiores e mais importantes economistas da história norte-americana, fez um pronunciamento público afirmando que o mercado de ações havia alcançado o que parecia ser um patamar de constante crescimento.

3 – O Bug do Milênio

A profecia acima é bem mais recente, e é possível que você se recorde do pânico que muita gente sentiu na virada do ano de 1999 para o ano 2000. Isso porque foi previsto que todos os sistemas informatizados do planeta iriam “bugar” na virada do ano, quando os relógios marcassem a meia-noite.

Na verdade, o problema — identificado na década de 70 — é que se percebeu que em muitos computadores as datas eram representados por apenas 2 dígitos, adotando o formado “19” + dois dígitos para formar o ano completo. Assim, quando ocorresse a mudança de 1999 para 2000, essas máquinas entenderiam que o calendário havia mudado para “19” + “00”, ou seja, de 1999 os computadores voltariam a marcar 1900.

O evento ficou conhecido como “O Bug do Milênio”, e ninguém sabia ao certo o que aconteceria na virada do ano, embora os mais fatalistas tenham previsto que poderiam ocorrer holocaustos nucleares e blackouts devastadores, por exemplo. E como você sabe, além de uma que outra falha técnica, tudo correu bem e o mundo não acabou.

 4 – Nostradamus e o ano de 1999

Nostradamus talvez seja um dos profetas mais conhecidos do mundo, e seus textos — altamente metafóricos e enigmáticos — vêm intrigando a todos há mais de 400 anos. E tal como costuma acontecer em casos como esse, é preciso um bocado de imaginação para interpretar as profecias do homem, e é por isso que existem dezenas de traduções e versões das mesmas previsões dele.

No entanto, uma que deu o que falar foi a de que o ano de 1999 seria palco de algo terrível. Segundo Nostradamus, no sétimo mês desse ano o "Rei do Terror" viria do céu e, é claro, não faltou quem se convencesse de que o francês tinha profetizado o apocalipse.

5 – O Arrebatamento

Apenas um ano antes do tão comentado fim do mundo previsto pelos maias em 2012, circulou pelo mundo o temor de que o Arrebatamento estava próximo. Talvez você não se recorde, mas muita gente acreditava que Jesus voltaria do Reino do Céu para resgatar os justos de alma pura e abandonaria aqueles que não o aceitaram como salvador aqui na Terra.

Basicamente, os pobres coitados deixados para trás seriam governados pelo anticristo — que seria auxiliado por um falso profeta e ninguém menos do que a própria Besta do Apocalipse — e enfrentariam um verdadeiro caos que duraria sete anos.

Depois desse período, Jesus voltaria com seu exército dos justos para instaurar a paz e reinar soberano por mil anos, quando finalmente ocorreria o Juízo Final. Segundo os boatos, o assustador Arrebatamento deveria ter ocorrido em 21 de maio de 2011, mas — graças aos céus — Cristo deve ter decido adiar um pouco seus planos!

Mais previsões cataclísmicas:

  • Em 1997, o escritor Richard Noone lançou um livro onde afirmou que o mundo iria acabar no dia 5/5/2000. Segundo ele, nessa data, além de a Antártida contar com uma camada de gelo com quase 5 quilômetros de espessura, a Terra se encontraria em um alinhamento cósmico bizarro com outros planetas e se iniciaria um congelamento global;
  • Cristóvão Colombo — o mesmo que “descobriu” a América — chegou a escrever um livro de profecias mais ao final de sua vida, e estava convencido de que o mundo acabaria entre 1656 ou 1658;
  • Em 1910, quando o cometa Halley passou próximo à Terra, muita gente pensou que o astro traria um rastro de morte. Isso porque em 1881, um astrônomo descobriu que a cauda do cometa continha um gás tóxico — o cianogênio —, e não demorou até que começassem a circular notícias de que o planeta seria atingido por uma nuvem letal;
  • Em 1998, o escritor russo Igor Panarin previu que os EUA entrariam em colapso em 2010, afirmando que o país estava à beira de uma guerra civil que resultaria em estados mais ricos se recusando a repassar a receita pública proveniente dos impostos ao governo federal. Com isso, os EUA seriam divididos em seis partes que passariam a ser controladas pelas novas potências mundiais.
Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.