Cientistas confirmam novo elemento superpesado com 115 prótons
369
Compartilhamentos

Cientistas confirmam novo elemento superpesado com 115 prótons

Último Vídeo

Pesquisadores suecos confirmaram hoje (28) a existência de um novo elemento superpesado, apelidado temporariamente de “ununpentium” (ununpêntio, em português), com base nas palavras latinas e gregas relativas aos dígitos de seu número atômico. O elemento, que deve ocupar a posição 115 na tabela periódica, foi proposto pela primeira vez por cientistas russos em 2004 e foi criado por uma equipe sueca da Universidade de Lund.

Para isso, eles dispararam um feixe de cálcio, que tem 20 prótons, em um pedaço de amerício, que tem 95 prótons. Por um segundo inteiro o ununpêntio explodiu, gerando os 115 prótons. O numero atômico de prótons é o mesmo numero de prótons que o elemento contém. Até agora, o elemento mais pesado encontrado na natureza é o urânio, com 92 prótons, no entanto cientistas são capazes de carregar ainda mais os prótons em no núcleo atômico, fazendo elementos mais pesados por meio de reações de fusão nuclear.

A importância da descoberta é enorme para a comunidade científica. Segundo o site Christian Science Monitor, os cientistas esperam que, ao criar elementos mais pesados ??, poderão encontrar a chamada “ilha de estabilidade”.

A ilha da estabilidade é uma região hipotética desconhecida na tabela periódica, na qual ficam elementos superpesados estáveis, com “usos práticos inimagináveis” — elementos pesados geralmente são instáveis e duram pouco menos de uma fração de segundo antes de começar a decair.

Apenas uma fração da tabela periódica estendida (já contando com alguns elementos superpesados) mostra o potencial de pesquisa sobre a Ilha da Estabilidade  Fonte da imagem: Reprodução/Wikipedia

Com o ununpêntio, que ficou mais de um minuto em plena explosão, os cientistas precisaram de detectores especiais para procurar rastros de energia derivada da radiação de raios x prevista para ser emitida pelo elemento 115.

Antes que o elemento seja confirmado oficialmente e adicionado à tabla periódica, o fato deve ser auditado e confirmado pela União Internacional de Química Pura e Aplicada (IUPAC em sigla original). A IUPAC deve rever as descobertas e definir se novos experimentos são necessários antes da oficialização do elemento 115.

Alguns dos elementos vizinhos ao 115 foram batizados recentemente. No ano passado, os elementos 114 e 116 passaram pelo mesmo processo e foram nomeados oficialmente de Flerovium (Fl) e Livermorium (Lv).

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.