Casa de jogos na China transforma realidade virtual em real. Saiba como!
80
Compartilhamentos

Casa de jogos na China transforma realidade virtual em real. Saiba como!

Último Vídeo

Cansado dos jogos comuns? Para você, PS4 já é uma coisa antiga e GTA nunca teve graça? Então talvez você deva ir a Pequim, na China. A galera lá está pagando US$ 13 por uma hora de participação em um novo tipo de diversão.

O negócio funciona assim: o participante paga, entra em uma salinha, é trancafiado nela e só pode sair se conseguir resolver alguns jogos e enigmas. Em seguida, esses jogadores insaciáveis seguem para outras salas secretas para resolverem outros problemas.

Esses estabelecimentos começaram a serem criados depois do sucesso de um jogo online no Japão, o takagism. Os desafios incluem práticas como o alinhamento de caveiras em fios, em posições perfeitas entre lasers, sem ativar alarmes; além, é claro, da resolução de equações gigantescas de química e matemática.

Tour

Fonte da imagem: Reprodução/WallStreetJournal

As salas são equipadas com sensores elétricos, engrenagens mecânicas e alarmes que monitoram os jogadores a cada momento. Em uma das salas, por exemplo, só é possível sair depois de dizer uma frase específica em voz alta. Assim que o participante sai de um dos cômodos, ele é levado para outro, que até então era secreto.

E aí, o que você acha da ideia? Nerd demais ou interessante? Se você não consegue resolver um problema em uma hora, um guia vem até você e o leva até outra salinha de probleminhas bizarros. Somente em Pequim já existem 120 estabelecimentos que oferecem os jogos, mas a moda está se espalhando em outros lugares da Ásia. Será que algo parecido teria mercado aqui no Brasil? Para conferir melhor como funcionam essas casas de jogos, assista ao vídeo abaixo:

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.