7 treinamentos militares completamente insanos
198
Compartilhamentos

7 treinamentos militares completamente insanos

Último Vídeo

1. China

O país mantém um efetivo militar de quase 1,5 milhão de recrutas, mas fazer parte desse contingente não é uma tarefa fácil. Os soldados precisam completar um curso com 17 obstáculos, que incluem natação, escalada e salto sobre o fogo! Além disso, é preciso ter uma apneia de, no mínimo, 1 minuto – ou seja, se o soldado tentar tirar a cabeça da água antes desse tempo, seu comandante vai afundá-la sem dó nem piedade.

2. Rússia

O processo para entrar na elite do exército russo dura 5 anos. O primeiro semestre, completamente isolado, tem o intuito de “segurar” apenas os mais resistentes no treinamento. Depois disso, entretanto, é que começa a pancadaria. A parte “boa” é que são os próprios recrutas que selecionam com qual comandante vão treinar – não que isso facilite alguma coisa.

3. Austrália

Os soldados australianos passam por um treinamento cruel para suportar torturas, o que inclui sacos na cabeça para diminuir o oxigênio e tapas na nuca caso algum sinal de cansaço apareça. Sem contar, é claro, que durante todo esse tempo o soldado está nu em uma cela. Um dado alarmante é que mais pessoas morreram durante os treinamentos na Austrália do que no campo de batalha em si.

4. Estados Unidos

Os SEALs formam o exército de elite mais respeitado em todo o mundo – então é de se imaginar que seu treinamento não seja moleza. Logo nos primeiros dias de um total de 30 meses de treinamento, os recrutas passam pela Semana no Inferno: eles dormem apenas 4 horas por dia, rolam na lama, são privados de comida e constantemente xingados por seus superiores. Apenas 1 em cada 4 soldados consegue terminar essa primeira etapa do longo processo preparatório.

5. Israel

Considerado um dos melhores exércitos antiterrorismo do mundo, o Shayetet 13, de Israel, tem um treinamento bastante severo. São 20 meses de pré-treinamento em que apenas os melhores conseguem terminar, sendo posteriormente divididos por especialidades desenvolvidas: eles serão agrupados em pelotões aéreos, marinhos e terrestres. Um teste de mergulho com visibilidade quase nula e em água supergelada faz parte da rotina desses soldados.

6. Coreia do Sul

Um treinamento de 10 dias na neve, com temperaturas que chegam a -22 graus Celsius, faz parte do processo seletivo para se tornar parte da elite do exército sul-coreano. Eles precisam fazer flexões e lutar entre si nessas condições quase subumanas. Ah, ser faixa preta em taekwondo é um pré-requisito para os candidatos.

7. Reino Unido

Correr 5 quilômetros usando roupas que somam até 25 quilos faz parte do treinamento básico para os soldados que querem fazer parte da elite do exército britânico – vale constar que os últimos 400 metros são realizados em uma grande subida... E é claro que eles têm um tempo máximo para realizar tal tarefa: apenas 48 minutos! Você acha que teria condições para isso?

***

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.