Suécia é o melhor lugar do mundo para se envelhecer
157
Compartilhamentos

Suécia é o melhor lugar do mundo para se envelhecer

Último Vídeo

Envelhecer é uma fase pela qual todos vão passar um dia. Em alguns países, ela pode ser vivida de forma mais plena e feliz, enquanto em outros a velhice pode ser sinônimo de tristeza e sofrimento pela falta de serviços para essa faixa etária, além de sistema de saúde precário e carência de apoio e atividades para os idosos.

Um novo estudo do Global AgeWatch Index (Índice Global de Vigilância Etária, em tradução livre), apoiado pela ONU, revelou que o melhor para se envelhecer é a Suécia, enquanto o pior é o Afeganistão, que tem razões de sobra para esse resultado. O relatório analisou a qualidade de vida dos idosos em 91 países e advertiu que muitos países não têm apoio suficiente para as suas populações em fase de envelhecimento.

De acordo com dados demográficos, em 2050, os idosos serão mais numerosos do que os menores de 15 anos, pela primeira vez, sendo que a maioria está nos países em desenvolvimento.

Apesar de ter ficado em primeiro lugar, a Suécia ainda não é perfeita no quis diz respeito ao apoio às pessoas com mais de 60 anos. O país mantém sim uma boa política de bem-estar social aos idosos com o seu sistema de pensões eficiente. Entretanto, ainda enfrenta dificuldades o processo de pensões em alguns pontos para as mulheres e os imigrantes.

Melhores e piores

Além da Suécia, o top 10 da lista de melhores países para se envelhecer ficou com a Noruega, Alemanha, Holanda, Canadá, Suíça, Nova Zelândia, Estados Unidos, Islândia e Japão. Entre os piores, além do Afeganistão, estão também a Tanzânia e o Paquistão.

Os pesquisadores usaram 13 indicadores diferentes — incluindo renda e emprego, serviços de saúde, educação e meio ambiente — e eles disseram que este foi o primeiro estudo do tipo a ser realizado em uma escala global. Os autores do estudo também afirmaram que os países em todo o mundo enfrentam um desafio contínuo e não estão preparados adequadamente para a população que envelhece rapidamente.

O Brasil ficou em 31º e foi citado como um país em desenvolvimento que caminha favoravelmente ao apoio ao envelhecimento pelo índice, assim como a China, que ficou em 35º.  A nossa pátria tem a melhor posição entre os países emergentes do bloco BRICS (que reúne ainda a Rússia, Índia, China e África do Sul).

Os autores da pesquisa deram destaque aos países de baixa renda que têm tomado boas medidas para melhorar a qualidade de vida dos idosos, sendo que o nosso país se encaixa nesse perfil. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.