Mulher é detida por espalhar oito crânios pelo centro de São Paulo
33
Compartilhamentos

Mulher é detida por espalhar oito crânios pelo centro de São Paulo

São Paulo passa por uma situação digna de histórias de terror. Tudo começou quando, no dia 20 de fevereiro, um crânio foi encontrado nas proximidades de um edifício no centro da cidade. Depois desse, outros sete foram localizados espalhados em diversos locais e com as mesmas características.

Os oito crânios foram abandonados envolvidos em um papel de presente da cor vermelha e distribuídos estrategicamente nos consulados da Rússia, República Tcheca e África do Sul, e em frente de igrejas mórmons.

Fonte da imagem: Reprodução/Folha de São Paulo

No dia 9 de março, a mulher responsável pelo abandono foi detida, graças às imagens de câmeras de segurança que flagraram toda a ação. Leonarda Ferreira da Paixão, de 42 anos, foi diagnosticada com problemas mentais. A polícia comenta que ela se alimentava de restos de trabalhos religiosos deixados em encruzilhadas, onde também encontrava os crânios.

Descartada a hipótese de rituais espirituais ou de bruxaria, a mulher não será acusada e nem processada por vilipêndio (desrespeito) ao cadáver e deve permanecer em um Hospital Psiquiátrico, onde está internada.

 

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.