Cair uma vez já é bastante doloroso, certo? E o que você diria sobre alguém que resolveu cair diversas vezes, de formas diferentes, por vontade própria? Essa é a história de Kerry Skarbakka, um fotógrafo que, para inovar em seu portfólio, acabou com dezenas de fraturas pelo corpo.

O conceito da série The Struggle to Right Oneself parece ser simples, mas a execução é o que pode fazer você sentir arrepios só de imaginar: as fotos são um tipo de autorretrato nada convencional, em que o artista fotografa o seu próprio corpo caindo de diversas formas, em diferentes lugares.

O método é bastante trabalhoso: Skarbakka posiciona a câmera no local desejado, monta o cenário perfeito e, em seguida, repete a queda quantas vezes achar necessário, até que o clique fique da forma como ele imaginava.

Fonte da imagem: Reprodução/Kerry Skarbakka

No entanto, a ousadia do fotógrafo já lhe rendeu muitas dores. Kerry revela que, pelo projeto, ele já torceu o tornozelo, cortou diversas partes do corpo, teve uma costela fraturada e ainda ficou com dores crônicas na coluna e no pescoço. Arte, loucura ou os dois?