(Fonte da imagem: Reprodução/Momentum Machines)

De acordo com uma notícia publicada pelo site Food Beast, a empresa Momentum Machines desenvolveu uma máquina capaz de produzir 400 hambúrgueres por hora, entregando os lanches prontinhos e sem precisar de qualquer intervenção humana na sua preparação.

Segundo a publicação, só nos Estados Unidos a produção de hambúrgueres custa US$ 9 bilhões (aproximadamente R$ 18,7 bilhões) por ano em mão de obra — chapeiros, pessoas para montar os lanches, cortar os ingredientes etc. —, e a nova máquina poderia reduzir grande parte desse custo, assim como o espaço necessário nas cozinhas para acomodar uma linha de produção humana.

Máquinas x humanos

Na verdade, trata-se de uma espécie de caixa de aço inoxidável automatizada “recheada” de ingredientes — verduras, legumes, molhos etc. — que prepara os hambúrgueres de acordo com as especificações dos clientes, entregado os lanches embalados e prontos para o consumo. Além disso, os ingredientes somente são cortados e preparados depois da realização do pedido, para garantir que estejam sempre fresquinhos.

As máquinas parecem ser um verdadeiro prodígio tecnológico e gastronômico, e o pessoal da Momentum Machines pretende empregar esses dispositivos em breve em uma rede de restaurantes própria. Contudo, o que aconteceria com as milhões de pessoas em todo o mundo que trabalham preparando lanches se todas as lanchonetes decidissem aderir à nova tecnologia?