Frases infames de Karl Lagerfeld inspiram livro

Frases infames de Karl Lagerfeld inspiram livro

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Crédito: Divulgação/Thames & Hudson

Famoso por seus comentários maldosos sobre Adele, Pippa Middleton, além das alfinetadas nos gregos e russos, o kaiser da moda e diretor criativo da Chanel Karl Lagerfeld tem pérolas inesquecíveis, que se tornaram um ótimo material para um livro.

“O Mundo Segundo Karl”, previsto para ter o lançamento oficial em setembro, foi uma ideia de Patrick Mauries, Jean-Christophe Napias e Sandrine Gulbenkian da editora Thames & Hudson, contando ainda com 50 ilustrações do artista Charles Ameline.

Crédito: Getty Images

Segundo o The Telegraph, o livro já teria recebido o selo de aprovação do Sr. Lagerfeld, que não esteve envolvido na sua produção. Confira algumas das frases infames e divertidas de Karl Lagerfeld que poderão estar no livro:

  • "Calças de moletom são um sinal de derrota. Quando você perde o controle de sua vida, compra algumas calças de moletom";
  • "O que eu fiz, Coco Chanel nunca teria feito. Ela teria odiado isso";
  • "Lembro-me de uma estilista, que disse que as mulheres inteligentes não usavam seus vestidos. Obviamente, ela foi à falência";
  • "Eu sou uma espécie de ninfomaníaca da moda que nunca chega a um orgasmo";
  • “O debate sobre o uso de pele de animal na moda é criancice”;
  • “O corpo tem que estar impecável. Se não estiver, compre tamanhos menores e coma menos”;
  • “Eu não gosto do rosto de Pippa Middleton. Ela deveria apenas mostrar as suas costas”;
  • A primeira sobre a cantora Adele: “Adele é um pouco gorda, mas ela tem um rosto bonito e uma voz divina”;
  • E a segunda: "Eu nunca disse que a Adele era gorda, disse que era meio rechonchuda. Uma pessoa assim não é gorda. Mas ela perdeu oito quilos depois e por isso acho que a mensagem não foi ruim".
Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.