Calendário humano: como transformar seu cérebro em uma calculadora de datas
282
Compartilhamentos

Calendário humano: como transformar seu cérebro em uma calculadora de datas

Último Vídeo

Você sabe em que dia da semana nasceu? Pode até ser que já tenha decorado ou perguntado para sua mãe, mas, se você não souber de cabeça, provavelmente vai ficar curioso e acabar consultando o calendário mais próximo para descobrir essa informação, não é verdade?

Fique tranquilo, agora seus problemas acabaram! Com um método muito prático (serve até para uma criança), o professor Alberto Dell’Isola — mais conhecido como homem-memória — revelou como é possível descobrir o nome dos dias da semana de qualquer data, e o mais legal de tudo: é fácil!

Só para você ter ideia, o cara não é fraco não: bacharel em psicologia pela UFMG e membro do LADI (laboratório de pesquisa em psicologia da UFMG), Alberto é recordista latino-americano de memorização — memorizou a sequência de 280 cartas de baralho, previamente embaralhadas em apenas 1 hora —, e até já deu as caras em diversos programas de TV (Faustão, Fantástico e Caldeirão do Huck).

Bom, chega de ladainha e vamos ao que interessa:

As bases do método

O sistema de cálculo consiste apenas na seguinte fórmula: “Dia + Chave do mês + Chave do ano – Maior múltiplo de 7 = Dia da semana”, em que você soma o dia desejado ao número correspondente nas tabelas abaixo e o resultado da subtração corresponde ao dia da semana.

Tome como exemplo o dia 07 de setembro de 1984 e — consultando as tabelas — vamos descobrir em que dia da semana caiu: “7 (dia) + 6 (chave do mês) + 0 (chave de 1984) = 13”. O maior múltiplo de 7 que podemos subtrair de 13 é o próprio 7. Sendo assim, 13 – 7 = 6.

Portanto, essa data foi em uma sexta-feira. Você pode conferir em qualquer calendário que realmente isso é verdade — esse método funciona mesmo!

E de 2000 em diante, como faz?

Para calcular a chave de qualquer ano entre 2000 e 2099, basta que você subtraia 1 do valor correspondente no século XX. Exemplo: se a chave para 1943 é 4, então a de 2043 será 3, entendeu? Simples.

Anos bissextos

Se a data desejada estiver nos meses de janeiro ou fevereiro de um ano bissexto, basta você subtrair 1 do resultado final. Antes que você fique na dúvida, saiba que anos bissextos são divisíveis por 4 (1968, 1972, 1976, 1980, 1982 etc.), mas não são múltiplos de 100 — com exceção daqueles que são múltiplos de 400 (1200, 1600, 2000, 2400, 2800 etc.).

Ozwana

Calculando manualmente

Caso você queira calcular a chave de algum ano da antiguidade — para saber em que dia da semana algum faraó morreu, por exemplo — de um jeito manual, a lógica é essa: pegue os dois últimos dígitos do ano desejado e divida por 4, ignorando o resto, e anote o resultado. Depois, divida os mesmos dígitos do ano por 7, mas dessa vez considere o resto.

Feito isso, some os dois valores obtidos e novamente divida por 7. O resto dessa divisão é a própria chave do ano que você tem em mente. Veja como obter o resultado da chave exata de 1982:

82 / 4 = 20
82 / 7 = resto 5
20 + 5 = 25
O resto da divisão de 25 por 7 é 4, ou seja: a chave de 1982 é 4!

Com o passar do tempo e prática, você vai ficar bom nisso e com certeza muita gente vai ficar surpreendida com o potencial da sua cachola — ninguém vai suspeitar que se trata de um simples truque.

***

E você, leitor, conseguiu descobrir os dias da semana das datas desejadas? Conhece algum método parecido com esse? Não deixe de compartilhar sua informação com a gente nos comentários abaixo.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.