Você já se imaginou acordando em uma realidade paralela?
355
Compartilhamentos

Você já se imaginou acordando em uma realidade paralela?

Último Vídeo

Todos os dias acordamos e começamos a executar as atividades que fazem parte da nossa rotina. As pequenas alterações que acontecem nela já são esperadas, tornando a semana algo previsível e até mesmo monótona. Podemos até reclamar, mas imagine uma situação em que, ao conferir as suas redes sociais pela manhã, você não reconheça as pessoas conectadas, além de seu nome estar diferente, mas a foto do perfil mostrar o seu rosto.

Casos como esse são relatados frequentemente em comunidades que se interessam por eventos paranormais. Por se tratar de um assunto polêmico, poucos estudos foram conduzidos sobre ele, tornando a vida de quem passa por isso bem complicada.

Diferença nos detalhes

Uma das pessoas que relataram uma experiência assim foi a espanhola Lerina Garcia, de 41 anos, que em 2008 postou sua história em um fórum da internet. Ela não informou a profissão, mas frisou que possui um alto nível de escolaridade.

Certo dia, logo que acordou, Lerina começou a perceber pequenas diferenças em relação ao ambiente onde tinha lembranças ao deitar para dormir. Uma das primeiras coisas que ela notou foi o lençol da cama: nunca o tinha visto nem se lembrava de o ter comprado.

Apesar disso, ela seguiu sua rotina, tomou seu café e foi para o trabalho. Chegando em sua sala, percebeu que o nome escrito na porta não era o dela. A primeira reação foi conferir se estava no andar correto ou se não tinha errado o local, mas como toda a configuração do escritório e o nome da empresa se mantinham, ela notou que algo muito estranho estava acontecendo.

Conforme ela analisava os documentos em sua mesa, percebeu que não conhecia seu chefe, assim como fazia parte de outro setor da empresa. Isso a levou a entrar em um estado de pânico controlável, então ela registrou seu ponto e alegou não estar bem, para poder voltar para casa.

Realidade alternativa

Lerina passou o dia tentando entender o que estava acontecendo, mas não conseguiu chegar a uma conclusão. No dia seguinte, seus colegas de trabalho lhe disseram que ela parecia estranha, mas o motivo era que ela não conhecia nenhum deles, apesar de alguns demonstrarem até certa familiaridade nas conversas.

Os dias foram passando, e cada vez mais as coisas pareciam não fazer sentido, pois até mesmo o namorado foi trocado pelo seu ex, com quem ela tinha rompido relações 6 meses antes. Mesmo dentro de sua própria família as coisas estavam diferentes, pois ela lembrava que sua irmã tinha passado por um procedimento cirúrgico complicado, só que na nova realidade isso parecia nunca ter acontecido. Ela preferiu não insistir sobre o assunto com os parentes, pois poderiam achar que ela havia enlouquecido.

Lerina descreveu a experiência como a sensação de ter dormido e sonhado por 5 meses, para posteriormente acordar e perceber que tudo estava diferente. Apesar de tudo isso, globalmente os acontecimentos se mantinham os mesmos, com notícias e eventos mundiais dentro da normalidade.

Tudo isso fez com que ela acreditasse ter sofrido um salto de realidade enquanto dormia. Nesse universo paralelo em que entrou, sem mesmo saber como, tudo se mantinha semelhante, mas os detalhes estavam muito diferentes.

Mais comum do que se imagina

Eventos como o de Lerina são relatados frequentemente, mas não existe uma explicação sobre o assunto. Histórias de pessoas que atravessam florestas e acabam saindo em um local desconhecido, mesmo com vasto conhecimento da região, intrigam todos que são apresentados a elas.

Especialistas da área dizem que existe uma fantástica lista de realidades alternativas, tanto para o futuro quanto para o passado. Segundo eles, todas interagem conosco diariamente, pelo menos em um nível quântico. Por isso, através de conhecimentos sobre física quântica, seria possível criar formas de interação com outras realidades.

Essa seria a explicação para pessoas que conseguem enxergar parentes próximos que já morreram, pois eles estariam em outra dimensão, e sua energia temporariamente atingiria a nossa realidade.

As pesquisas sobre o tema são escassas, mas se os especialistas em paranormalidade estiverem certos, o desenvolvimento do estudo da física quântica nas próximas décadas pode mudar totalmente nossa forma de ver o mundo.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.