Criatura estranha surge em praia da Rússia e sua identificação gera debate
10
Compartilhamentos

Criatura estranha surge em praia da Rússia e sua identificação gera debate

Último Vídeo

Não é nada raro que carcaças de criaturas estranhas sejam encontradas em praias mundo afora. Também é comum que essas descobertas causem certo espanto e sejam associadas com seres lendários dos mares — mas, o normal mesmo é que apareça alguém, identifique o animal (como sendo a carcaça de algum peixão, baleia ou golfinho em decomposição) e acabe com o falatório. Provavelmente é isso o que vai acontecer com uma coisa muito esquisita que surgiu nas areias da Península de Kamchatka, na Rússia.

Que coisa é essa?

O curioso com relação a este “monstro marinho” descoberto na praia russa é que, apesar de ser... marinho, o corpo é coberto de pelos! A criatura foi descrita como sendo cerca de três vezes maior do que um homem adulto, desprovida de cabeça ou olhos — pelo menos aparentemente —, tendo o corpo coberto de uma pelagem tubular branca e acinzentada, e dotada de uma longa cauda ou tentáculo. Além disso, quem teve coragem de se aproximar da carcaça disse que o cheiro que ela exala é insuportável. Veja uma imagem:

Criatura bizarra(The Siberian Times)

Pela descrição da criatura e o local em que ela foi encontrada — a Península de Kamchatka fica no extremo oriente do território russo e rodeada pelos mares de Ojotsk e Bering — você pensou que poderia se tratar de, quem sabe, um urso polar? O problema é que, se a descrição do monstro estiver correta, o bicho da praia é maior do que um urso polar (os machos costumam medir entre 2 e 2,5 metros de altura, e as fêmeas, entre  1,8 e 2 m), e o tal tentáculo peludo não é característico desses animais.

Monstro marinho(The Siberian Times)

Até onde sabemos, nenhum exame foi realizado ainda no cadáver, portanto, estamos na fase mais divertida da coisa toda, ou seja, na que a galera faz todo tipo de sugestão e suposição sobre a identidade da criatura. Há quem pense que se trata de um polvo peludo gigante, da carcaça de um mamute — que acabou indo parar no mar depois do derretimento de alguma área de permafrost —, e da carcaça de uma baleia, apesar da aparente presença de pelos no corpo.

Monstro marinho(The Siberian Times)

Porém, a descoberta também está sendo tratada como sendo um exemplar do que é conhecido entre os fãs de criptozoologia como “globster”, isto é, uma grande massa orgânica não identificada que foi trazida à praia pelas águas do mar. De momento, essa é a descrição que melhor descreve a carcaça, né? E você, caro leitor, se tivesse que palpitar sobre a identidade da criatura, o que diria?

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.