Esta teoria da conspiração sobre a ida do homem à Lua é bem pertinente
559
Compartilhamentos

Esta teoria da conspiração sobre a ida do homem à Lua é bem pertinente

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Não é que a gente goste de ver o circo pegar fogo, mas tem algumas histórias e teorias da conspiração que são boas demais para serem deixadas de lado. Não é de hoje, e não é mesmo, que muitas pessoas desconfiam da ida do homem à Lua, lá em 20 de julho de 1969. Há quem diga que foi tudo uma encenação, que nada daquilo aconteceu mesmo, que algumas falhas perceptíveis no vídeo, como fios e reflexos que acabaram aparecendo, são a prova de que tudo não passou de fake news, certo?

E o que dizer, então, de uma nova teoria sobre o tema que analisou algo simples, bem simples, e que nos faz realmente ficar com a pulga atrás da orelha? Explicamos: alguém reparou na marca da pegada do astronauta na Lua e o bizarro disso tudo é que o sapato usado pelos astronautas não tinha a mesma sola da pegada fotografada.

A roupa usada por Neil Armstrong foi toda fotografada em 2015 por Phil Plait, também astronauta, e colocada em exposição no Smithsonian’s National Air and Space Museum. Depois disso, a treta começou a surgir.

E agora?

Bom… A verdade é que Armstrong e os outros membros da tripulação realmente usaram a roupa fotografada por Plait, mas eles tinham ainda mais parafernalhas para colocar por cima daquilo tudo.

Além do mais, a pegada fotografada não era de Armstrong, mas de Buzz Aldrin, de acordo com a própria NASA. Ao que tudo indica, por cima da bota que aparece na foto de Plait, os astronautas colocavam outra bota, com a intenção de causar mais aderência e menos chances de escorregar.

Em várias fotos da missão é possível ver as marcas das pegadas deixadas pelos astronautas, e um jeito realmente eficiente de tirar a prova dos nove seria ir até a Lua já que as pegadas ficarão lá por milhões de anos, uma vez que não tem vento para apagá-las.

Dito isso, podemos pensar aqui no motivo pelo qual essa segunda bota não está em exposição, certo? A verdade é que a tripulação abandonou cerca de 100 itens na Lua, para diminuir o peso da nave ao retornar para a Terra e, assim, gastar menos combustível. Entre os itens deixados na Lua estão fluídos corporais (eca) e, claro, as botas extras.

Ou seja… A teoria da conspiração até faz sentido, mas a galera da NASA sempre tem uma explicação convincente para tudo. E você, o que acha?

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.