179
Compartilhamentos

Polícia taiwanesa gasta fortuna para investigar quem roubou iogurte

Você já teve algo “roubado” em uma geladeira comunitária, dessas que ficam em escritórios ou repúblicas de estudantes? Isso é bem chato, claro, mas acabou criando uma situação inacreditável em Taipé, capital do Taiwan: a polícia gastou o equivalente a R$ 2,3 mil para descobrir quem surrupiou um iogurte de cerca de R$ 8!

Tudo começou quando uma mulher não identificada voltou para o dormitório de sua universidade e encontrou sua garrafa de iogurte no lixo. Nenhuma de suas 5 roomates assumiu a autoria de tamanha audácia, por isso a jovem resolveu levar o caso às últimas consequências, denunciando as colegas e dando origem a uma investigação policial que não mediu esforços para descobrir a autoria de hediondo crime.

A polícia interrogou as colegas, mas todas negaram a atrocidade. A garrafa não apresentava nenhuma impressão digital, por conta da condensação líquida, então um complexo exame de DNA foi solicitado para tentar determinar quem seria a grande culpada desse crime insolúvel. A história viralizou nas mídias do país por conta do péssimo investimento de dinheiro público para causas estúpidas. E o pior: não foi anunciado se os testes chegaram a uma conclusão sobre a usurpadora de iogurte alheio. Bizarro, né?

Uma reportagem, em idioma local, reconstitui a história (e é maravilhosa, mesmo sem dar para entender nada):

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.