Mistério: conheça a história do australiano que teria sido abduzido por ETs
222
Compartilhamentos

Mistério: conheça a história do australiano que teria sido abduzido por ETs

Último Vídeo

A abdução por extraterrestres é um assunto que fascina muita gente, mas também é motivo de risadas por parte dos céticos. No entanto, existem casos em que os fatos podem ultrapassar as crenças e são difíceis de entender. O caso de Frederick Valentich é um deles.

No dia 21 de outubro de 1978, o piloto australiano Frederick simplesmente desapareceu durante um voo e esse fato é cercado por mistério, controvérsia e ceticismo. A razão para isso é que o seu desaparecimento parece estar ligado a um objeto voador não identificado, um OVNI.

O próprio Valentich afirmou para a torre de controle que o objeto estava ‘brincando’ com ele nos minutos antes de perderem o contato com seu avião.

Luzes e ‘esconde-esconde’

Fonte da imagem: Reprodução/Além da Imaginação

Neste dia, às 18h19, Frederick deixou a cidade de Melbourne, na Austrália, para começar um voo de treinamento de 125 quilômetros até as ilhas King. Este foi apenas o segundo voo noturno solo de Valentich e ele pilotava uma aeronave Cessna 182L de motor único.

Pouco tempo depois, às 19h06, Frederick fez contato com os controladores de tráfego aéreo em Melbourne para saber se qualquer outra aeronave estava voando na mesma área que ele. A resposta foi não e confirmada novamente durante a comunicação que se seguiu.  

Após receber informações que o seu avião era o único naquela localização, Valentich disse aos controladores que havia algo voando perto dele. Quando questionado se ele poderia confirmar se era um avião, o piloto disse que não, o que foi uma declaração repetida várias vezes durante a troca de mensagens.

Frederick Valentich Fonte da imagem: Reprodução/Historic Mysteries

Ele descreveu o estranho objeto como sendo alongado, todo brilhante e com quatro luzes, incluindo uma verde. Em certo ponto, Frederick Valentich disse que era incapaz de dizer qual a velocidade em que ele estava viajando. No entanto, o objeto voador não identificado supostamente saiu da sua vista e, em seguida, aproximou-se dele várias vezes a partir de ângulos diferentes, como numa brincadeira de esconde-esconde.

Depois desses relatos, os controladores de voo de Melbourne perderam contato com Frederick e nunca mais houve notícias dele ou de sua aeronave.

Outras hipóteses

A jornalista Shelly Barclay, do site Historic Mysteries, realizou para pesquisa para saber de outras teorias sobre o desaparecimento de Frederick e seu avião. Segundo ela, há quem diga que a troca de mensagens foi mais longa e que Valentich disse que seu Cessna estava envolto em uma luz verde e estava queimando. No entanto, ela disse que não encontrou nenhuma prova sobre isso em sua pesquisa.

Outra alegação é que o fim da transmissão continha um barulho alto como metal raspando em metal. De acordo com Shelly, essa parece ser a teoria mais válida e pode muito bem ser verdade.

“Mesmo assim, é difícil saber, porque o áudio da troca de mensagens é difícil de encontrar. Alguns poucos registros de documentos dizem que as últimas palavras que os controladores de tráfego aéreo ouviram oficialmente de Frederick Valentich foram ‘Não é uma aeronave’”, disse Shelly.  

Fonte da imagem: Shutterstock

Curiosamente, não parece ter sido apenas Frederick que viu algo estranho no céu naquela noite, pois existem várias testemunhas das ilhas King e de Bass Strait que afirmam ter avistado objetos estranhos nas semanas antes e depois do evento.

De acordo com as pesquisas de Shelly, um fato interessante e que vale a pena ser mencionado é que Frederick Valentich tinha estudado OVNIs no passado e tinha um interesse direto sobre eles. Isso quer dizer que ele inventou tudo? Provavelmente não. Será que isso significa que os ETs foram se comunicar com ele por causa de seu interesse em OVNIs? Também não é provável.

Frederick Valentich pode muito bem ter encontrado um OVNI em seu voo fatídico. No entanto, se o tal objeto voador não identificado teve alguma coisa a ver com o seu desaparecimento é impossível de determinar.

O mais provável dos cenários é que ele tenha encontrado problemas no motor e caiu no oceano, onde o avião e, possivelmente, o seu corpo, permanece até hoje. E, você. acredita nessa última hipótese ou acha que ele pode realmente ter sido abduzido?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.