O vídeo acima, que faz parte de um documentário que estreará em breve, conta a comovente história da orquestra “The Recycled Orchestra”, localizada no pequeno vilarejo de Cateura, no Paraguai. Os integrantes do grupo — crianças e adolescentes — construíram seus próprios instrumentos musicais com objetos encontrados no lixo.

De acordo com o site oficial do projeto (Landfill Harmonic), o vilarejo foi construído sobre um aterro sanitário. Assim, preocupados com a complicada situação das crianças da comunidade — filhos de coletores de lixo que vendem materiais reciclados —, um professor de música e o diretor de uma orquestra decidiram iniciar um programa de educação musical para manter os jovens longe das drogas e da influência das gangues locais.

Projeto social e música

O programa foi um sucesso, e em pouco tempo contava com mais integrantes do que instrumentos musicais disponíveis. Mas foi só depois que um dos jovens músicos se apresentou para tocar com um violino feito de materiais encontrados no aterro que os responsáveis pela orquestra se empenharam em desenvolver os instrumentos reciclados.

Os próprios organizadores do projeto jamais imaginaram que instrumentos construídos a partir de tambores, arames, garfos e latas pudessem produzir qualquer tipo de som de qualidade, nem que o lixo pudesse dar aos objetos uma aparência tão incrível e esteticamente única. Sem contar no talento dos integrantes, capazes de produzir algo tão belo apesar de contarem com recursos tão limitados.