Túnel do tempo: músicas de sucesso que completam 10, 20 ou 30 anos em 2016
431
Compartilhamentos

Túnel do tempo: músicas de sucesso que completam 10, 20 ou 30 anos em 2016

Último Vídeo

Se você está um pouco cansando da sua playlist de músicas, que tal voltar no tempo e relembrar o que estava fazendo sucesso nas rádios em 2006? Podemos voltar um pouco mais, para 1996, e, se ainda estiver no clima, você também pode ouvir os clássicos de 1986!

Coloque o fone, aumente o som e venha com a gente: 

2006

Vamos começar pegando leve: essa primeira seleção vai ser do tipo “nossa, parece que ouvi essa música ontem”, mas na verdade já se passou uma década! Pois é. 

  • Quem ia para a balada na época, bateu o cabelo com: “Don't cha”, The Pussycat Dolls; “SexyBack”, Justin Timberlake; “Pump it”, The Black Eyed Peas; “Deja vu” Beyoncé & Jay-Z; “S.O.S.”, Rihanna; e “World, hold on”, Bob Sinclair e Steve Edwards

  • Muita gente esperou o Disk MTV para ver o Simple Plan, com “Welcome to my Life” e “Perfect”, e o Panic! At The Disc, com “I write sins not tragedies” 

  • Teve mais uma música da “polêmica" (e, no fim, mentirosa) dupla t.A.T.u - “All about us”

  • A crítica bem-humorada da cantora Pink! – “Stupid Girl”

  • “You're beautiful”, do James Blunt. Essa não tem meio-termo: ou as pessoas amam ou odeiam! 
  • Aquelas músicas que quem curtia escuta muito até hoje: “Apostas e certezas”, CPM 22; “Ela vai voltar”, Charlie Brown Jr.; e “Quem já perdeu um sonho aqui”, Hateen

  • Essa aqui vai fazer muita gente correr para ouvir: “Beijos, blues e poesia”, K-Sis

  • Tinha funk nas rádios? Claro: “Tremendo vacilão”, Perlla, “Glamorosa” e “Ela só pensa em beijar”, do MC Leozinho

  • Ana Carolina e Seu Jorge brilharam com “Pra rua me levar” e “É isso aí”
  • Wanessa Camargo deixava a galera na fossa com “Não resisto a nós dois”

  • Teve também uma das músicas mais tocadas no carnaval naquela época: “Ai, ai, ai”, Vanessa da Mata 

1996

Esse foi o ano dos grandes sucessos das bandas nacionais de pop rock, de segurar o Tchan e de lamentar a morte dos Mamonas Assassinas

  • Há 20 anos, o Oasis nos presenteava com “Wonderwall” e “Don't look back in anger”
  • Teve também Foo Fighters com “Big me”, Green Day com “Walking contradiction” e Smashing Pumpkins com “1979”

  • Clássicos que você esqueceu: Joan Osborne, com “One of us”, e La Bouche, cantando “Be my lover” (a música do "laralarilara lara")

  • Alanis quebrou o mundo com “Ironic”, “Head over feet” e “Your learn”

  • Teve também o clássico dos clássicos: “Killing me softly”, The Fugees. Sério, vai lá relembrar essa maravilha agora!
  • Pode não parecer, mas há 20 anos você enrolava a língua ao tentar cantar “Estoy Aqui”, da Shakira

  • Outra música que estava bombando era “Achy break heart”, do Billy Ray Cyrus, e, provavelmente, você não faz ideia de quem é esse cara hoje em dia. Mas e se eu te falar que a dupla Chitãozinho e Xororó regravou essa canção com o nome de “Pura Emoção”? 

    “Jeito de cowboy
    Num corpo de mulher
    Do tipo que não olha pra ninguém
    E ela não dá trela
    Mas acho que espera
    E sabe que o amor um dia vem”
  • Para fechar: há duas décadas você curte “What I Got”, do Sublime.

Já entre as nacionais...

  • Quem curtia dançar estava caindo no samba com “Tanajura” e “Cohab City”, do Negritude, e “Pimpolho”, do Art Popular.

  • Também foi nesse ano que você se rendeu a “É o Tchan/Melo do Tchan” e “A Dança do Bumbum”

  • Nós conhecemos sucessos como O Rappa – “A feira”, Paralamas do Sucesso – “Lourinha Bombril”, Jota Quest – “As dores do mundo” e Kid Abelha – “Na rua, na chuva, na fazenda”
  • Mas foi o Skank que emplacou mais músicas: “É uma partida de futebol”, “Tão seu” e “Garota nacional”
  • A gente ainda tinha Sandy e Jr. e podia curtir “Não ter” e “Dig dig joy”

  • Sabe o que você cantou também? “Tic tic tac”, do Carrapicho (com a jogadinha de cabelo) e “Vermelho”, da Márcia Freire (duvido que você cantava essa parte da maneira correta: "O velho comunista se aliançou, ao rubro do rubor do meu amor")

  • Mas nada parou mais o país do que “Macarena”, do Los Del Rio. É só rolar em uma festinha que a galera já começa a esticar os braços e seguir a coreografia. 

1986

A década de 1980 foi mágica para a música e o cinema. Por isso, não importa a sua idade: você vai conhecer pelo menos uma destas preciosidades! 

  • Além de fazerem sucesso nos cinemas – e, agora, na Sessão da Tarde –, alguns filmes lançaram sucessos inesquecíveis, como Burning Heart – “Survivor”, trilha de “Rocky IV”; Peter Cetera – “Glory of love”, que tocava em “Karate Kid"; Berlin – “Take my breath away”; e Kenny Loggins – “Danger zone”, de “Top Gun – Ases Indomáveis”

  • Acredite, Bon Jovi já está no time dos cinquentões! Um dos seus grandes sucessos, “You give love a bad name”, completa 30 anos em 2016!

  • Quando Kelly Osbourne tinha apenas 1 ano, a Madonna é que fazia sucesso com “Papa don't preach”
  • A rainha Whitney Houston estava nas paradas com “Greatest love of all”, assim como Lionel Richie com “Say you say me”

  • Precisando de uma música para dar aquela animada no seu dia? Coloca lá “Your love”, do The Outfield! Sinônimo de alegria há três décadas.
  • Para mais um pouco de diversão, você precisa colocar na sua playlist: “Venus”, do Bananarama, e “Conga”, do Miami Sound Machine.
  • O rock nacional conquistava as rádios com Legião Urbana – “Eduardo e Mônica” e “Índios”; Capital Inicial – “Música urbana” e “Veraneio vascaína”; Engenheiros do Hawaii – “Toda forma de poder”; Paralamas do Sucesso – “Melô do marinheiro”; Titãs – “Polícia”; Kid Abelha – “Garotos”; Lulu Santos – “Tudo bem”; e Cazuza – “Codinome beija-flor”

  • A galera que gosta de músicas românticas curtia Fábio Jr. – “Quando Gira o Mundo”, e Djavan – “Sina”
  • E o pessoal das festas tinha que ouvir Tim Maia – “Do Leme ao Pontal”, e Grupo Fundo de Quintal – "Só pra contrariar”
Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.