(Fonte da imagem: Reprodução/Universidade de Michigan)

Todos conhecem a “inimizade” existente entre o óleo e a água, os quais nunca se misturam, não importa o que a gente faça. Entretanto, as duas substâncias apresentam uma verdadeira relação de amor e ódio, pois uma vez se encontrem juntas, é praticamente impossível separá-las.

Contudo, de acordo com o site Science News, cientistas da Universidade de Michigan desenvolveram um filtro que permite que a água passe, deixando para trás o conteúdo de óleo sem que seja necessário empregar nenhuma técnica mecânica para forçar a passagem do líquido.

Separação eficiente

Segundo a publicação, os pesquisadores desenvolveram uma membrana recoberta por nanopartículas que atraem as moléculas de água, fazendo com que o óleo, que é mais denso e repelido pela membrana, fique na superfície desse material. Além disso, não é necessário forçar o líquido através do filtro, pois a própria gravidade faria esse trabalho.

Durante os testes, os cientistas conseguiram remover 99,99% do óleo presente em uma mistura contendo essa substância e água. E, de acordo com os pesquisadores, o filtro pode ser bastante útil em casos de desastres ambientais envolvendo o vazamento de petróleo ou seus derivados nos mares, além de também poder ser empregado em plantas para o tratamento de água.

Fontes: Science News e Universidade de Michigan