Bizarro: mineral futurista é achado em mina de ouro

Bizarro: mineral futurista é achado em mina de ouro

Fonte da imagem: Reprodução/InovaçãoTecnológica

Em 2008, cientistas conseguiram produzir pela primeira vez, em laboratório, um material considerado isolante topológico. Isso quer dizer que esse “produto” é plano e isolante em toda a sua área, mas, apesar disso, ele possibilita a condução de eletricidade somente nas suas bordas.

Você pode pensar que isso não tem muita utilidade, no entanto materiais desse gênero abrem a possibilidade para que pesquisadores controlem melhor o spin de elétrons. Essa característica pode resultar em um aproveitamento melhor de cargas elétricas pelas células de baterias, por exemplo.

Dessa maneira, várias áreas da tecnologia podem sofrer uma espécie de atualização, inclusive a computação quântica — se você quiser saber mais sobre esse tipo de tecnologia, clique aqui.

A natureza surpreende mais uma vez

Os cientistas e pesquisadores que conceberam o conceito de um material isolante topológico pensavam que esse tipo de coisa só poderia ser produzida de maneira artificial — ou seja,  em laboratórios.

Contudo, uma equipe do instituto alemão Max Planck, liderada por Pascal Planck, encontrou um mineral chamado Kawazulita em uma mina de ouro desativada. O material se desmancha em folhas muito finas e é um isolante topológico.

Além de baratear os estudos com materiais desse gênero, a novidade tem uma qualidade muito mais fina do que a de produtos sintéticos. Com isso, novas portas se abrem para estudos com isolantes topológicos e acredita-se que outros minerais deste gênero podem ser encontrados na natureza.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.