Livre-se dos móveis antigos de forma criativa

Livre-se dos móveis antigos de forma criativa

Equipe MegaCurioso

Montar um bazar em casa dá trabalho. Organizar as peças, móveis e tudo aquilo que não queremos mais demanda muito tempo e espaço para expor tudo e ainda pensando na circulação dos seus amigos, parentes e interessados em comprar algo que você tem e não quer mais. E se existissem maneiras mais práticas de fazer isso tudo?

Elas existem! Algumas iniciativas são muito interessantes e dão uma boa ajuda na hora de “fazer a limpa” nos seus pertences. Apesar de ainda não existir no Brasil nenhum serviço de retorno de móveis antigos à loja ou incentivos à reutilização como acontece na IKEA da Suécia, você pode usar da sua criatividade para conseguir passar a diante aquilo que não serve mais.

Ainda assim, a internet está cheia de boas iniciativas para quem está precisando vender, doar ou até mesmo comprar móveis. Independente dos seus motivos, as dicas funcionam e muito bem. Como o objetivo é divulgar, toda mídia vale, certo?

Caiu na rede

Então que tal começar a fotografar os móveis e outras peças para colocar em classificados online? Normalmente esse tipo de ferramenta costuma dar boas respostas. O mais famoso sistema de classificados virtuais, o Craiglist já está em atividade desde 1995 e tem boa atuação em cidades brasileiras.

Se você mora em Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador ou São Paulo pode anunciar e esperar telefonemas. Além dessa ideia, você sempre pode recorrer aos brechós online como o Enjoei e enviar o anúncio. O site vende de tudo um pouco - de bolsas a cômodas! É só entrar em contato!

Fonte: Reprodução/ gaveagaragesale.com

Outra ideia que pode ser muito bem aproveitada é procurar ateliês de restauração de móveis. Funciona como um brechó, mas em vez de vender as suas peças como elas estão, há todo o trabalho de repaginá-la antes de colocar na vitrine. O Gavea Garage, para quem mora no Rio de Janeiro, é uma boa opção.

Minha própria loja

Ainda assim, se você quiser vender mais itens, pode montar a sua própria “lojinha online”. Isso não implica obrigatoriamente em contratar programadores, designers ou uma equipe enorme. Basta ter uma boa câmera, criar um blog e divulgar o seu link. É claro que uma apresentação interessante ajuda na hora das vendas, portanto, empenhe-se!

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.