Depois das melancias quadradas, japoneses criam frutas cítricas pentagonais
161
Compartilhamentos

Depois das melancias quadradas, japoneses criam frutas cítricas pentagonais

Último Vídeo

Todo mundo sabe que os japoneses são especialistas em criar coisas, digamos, estranhas. Depois de desenvolver melancias quadradas, eles fizeram com que a fruta ganhasse outros formatos ainda mais inusitados.

E depois de inventar tudo o que podiam com as melancias, eles resolveram modificar as iyokans – que são uma mistura de laranja e tangerina –, que acabam de ganhar o formato de um pentágono. Os responsáveis pela novidade são os produtores da cidade de Ehime, famosa justamente pela vasta produção de diferentes tipos de frutas cítricas.

Fonte da imagem: Reprodução/Pouch

As iyokans ainda não estão sendo comercializadas, mas imagens divulgadas por sites locais nos mostram mais detalhes do aspecto da fruta. Não foram reveladas mais informações sobre o processo de produção das iyokans, mas basta ver que elas crescem dentro de caixinhas pentagonais para entender como elas ganham esse formato.

Criatividade até no nome

Os japoneses não precisam exatamente de um bom motivo para criar coisas inusitadas, mas essas frutas cítricas pentagonais têm uma boa justificativa que já fica clara desde o nome dado à fruta.

Fonte da imagem: Reprodução/Asahi

As iyokans pentagonais foram batizadas de “Gokakukei Iyokan”, sendo que gokakukei significa “pentágono” e iyokan é o nome da fruta em japonês. Parece simples, mas eles criaram um trocadilho com a expressão “goukaku ii yokan”, que é utilizada para desejar sorte aos estudantes no período de provas e exames escolares – goukaku significa “ser aprovado com sucesso” e ii yokan indica uma “boa premonição”.

Como o período de exames que determina as vagas nas universidades está se aproximando, presentear um aluno com uma dessas frutas seria o mesmo que oferecer apoio e encorajamento. Estima-se que, no próximo mês, 300 iyokans com formato especial estejam disponíveis em um festival local.

Fonte da imagem: Reprodução/Pouch

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.